Senadores Álvaro Dias e Romário acertam filiação ao ‘Podemos’

Os senadores Álvaro Dias (PV-PR) e Romário (PSB-RJ) acertaram filiação ao “Podemos”, novo nome do antigo Partido Trabalhista Nacional (PTN). Os dois devem assinar filiação durante evento de lançamento oficial da sigla, previsto para 1º de julho, em Brasília. O PTN não possuía representantes no Senado.

Dias se filiou ao partido com a promessa de que poderá ser lançado candidato à Presidência da República pelo “Podemos” nas eleições de 2018. Já Romário, de acordo com lideranças da legenda, poderá ser candidato ao governo do Estado do Rio de Janeiro no pleito de outubro do próximo ano.

A filiação dos dois senadores foi um dos motivos pelo qual o Podemos anunciou nesta semana desembarque e independência do governo Michel Temer no Congresso Nacional. Apesar de hoje serem de partidos da base aliada, Romário e Dias já adotavam postura independente em relação ao Palácio do Planalto.

Na Câmara, a expectativa da direção do Podemos é de que até dez deputados possam se filiar ao partido na próxima janela para livre troca partidária, prevista para março de 2018. O deputado Silas Freire (PR-PI) é um deles. Atualmente, a bancada do partido tem 13 deputados federais.

 

Da Redação

Conteúdo Estadão

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS