Sem lances, venda do Nossa Senhora da Paz é frustrada

Mais uma vez, a venda do prédio do Hospital Nossa Senhora da Paz foi frustrada. Apesar de 1.718 pessoas visitarem o site do leilão, não houve um único lance para a compra do imóvel avaliado em R$ 39.240.000,00, nem mesmo o lance mínimo definido pela Justiça de 50% deste valor total, cerca de R$ 19.620.000,00, foi apresentado. Esta foi a quinta tentativa de venda do imóvel.

Com isso, os credores terão que esperar um pouco mais para receber o que têm direito. Dentre eles, há cerca de 300 trabalhadores que estavam na expectativa que desta vez alguém ou algum grupo adquirisse o local para que as ações trabalhistas pudessem ser finalizadas.

Dhoje Interior

Segundo o advogado trabalhista, Flávio Tomé, que representa um grupo majoritário destes trabalhadores, infelizmente os tempos atuais de pandemia e dificuldades financeiras teriam colaborado para não haver comprador. “A regra legal é no sentido de ser designado um novo leilão”, salientou. Uma nova data ainda não foi definida.

As verbas rescisórias giram entre R$ 15 milhões e 16 milhões devidos aos trabalhadores do hospital.

A venda do hospital vem sendo esperada pelos credores desde 2002, o prédio que localizado em uma região valorizada de Rio Preto com 12.030m² área total e 9.295m² área construída.

Por Sérgio SAMPAIO – Da Redação Jornal DHoje Interior