Secretário fala sobre “Detecta” e melhorias na Polícia Civil

SECRETÁRIO - De Segurança Pública do Estado, Mágino Alves, durante coletiva

O Secretário de Segurança Pública de São Paulo visitou o Comando de Policiamento do Interior (CPI-5) e o Departamento De Polícia Judiciária de São Paulo Interior (Deiter-5), ontem, em Rio Preto.

De acordo com o secretário Mágino Alves Barbosa Filho, além da visita de rotina para discutir experiências e alinhar questões em relação às políticas de segurança, foi apresentado às autoridades a sugestão para a instalação do “Detecta” para combater roubo e furto de veículo no município. “O Detecta é um gerenciador de vários programas, ele integra vários aplicativos de uma polícia e de outra. Então quando você tem um furto ou um roubo de veículo é emitido um alerta e você consegue fazer o acompanhamento do veículo roubado e consegue recuperar e realizar prisões”, explica.
Somente na capital paulista, entre 2016 e 2017 mais de 3 mil pessoas foram presas em flagrantes por meio do uso dos dispositivos do “Detecta”.

Durante a visita, o secretário falou sobre investimentos para melhorias na Polícia Civil que passa por um período de sucateamento. Em algumas unidades do Estado há falta de verba para a manutenção em questões básicas, como viaturas sucateadas, falta de verba para abastecer as viaturas e falta de material admirativo. “Há dois meses nós repassamos para a Polícia Civil quase 18 milhões de reais. Visitei o prédio da DIG de Rio Preto e é um exemplo de que há sim um interesse do governo do estado em fortalecer a nossa Polícia Civil que é a melhor Brasil. Nós vamos realizar novas nomeações e não faltarão recursos na Polícia Civil”, conta.

De acordo com o secretário, até o início de dezembro serão abertos concursos para cargos na Polícia Civil, de investigador, escrivão e delegado.

 

Por Mariane Dias

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS