Saúde investiga se coletor rio-pretense morreu por dengue hemorrágica

A Secretaria de Saúde de Rio Preto aguarda laudo do Instituto Adolfo Lutz para confirmar as causas da morte de um coletor de lixo da cidade, de 27 anos, que morreu ontem. A suspeita é de que a vítima tenha vindo a óbito por dengue hemorrágica.

Em nota a Pasta afirma que “o paciente era suspeito de dengue e não temos ainda exames comprobatórios. Amostras foram enviadas para o Instituto Adolfo Lutz e se os exames confirmarem dengue será considerada uma dengue grave com sinais hemorrágicos”.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS