Saúde estuda transformar Teixeirão em posto avançado para tratar doentes

Engenheiros devem fazer nova vistoria no estádio

O presidente do América Futebol Clube, Luiz Donizette Prieto (Italiano), afirmou que instalações do estádio Benedito Teixeira (Teixeirão) foi vistoriado pela Secretaria Municipal de Saúde de Rio Preto nesta terça-feira (24) e poderá se transformar em um ponto de atendimento de casos confirmados de coronavírus (Covid-19).

Italiano afirmou que eles (representantes da secretaria) gostaram do local por ser arejado e seguro. Os espaços vistoriados foram nove quartos (cada um tem 64 m²), a sala de imprensa e a cozinha. O Teixeirão também tem seis vestiários dos quais um tem 300 m² e outros cinco 250 m² cada, que se for necessário poderão ser usados.

Dhoje Interior

Inicialmente, segundo o presidente, o local atenderia pessoas com mais de 60 anos (faixa etária de risco maior).

Uma única adaptação seria necessária que é a instalação de um elevador no local. “Eles gostaram do que viram. Mas ainda não é nada certo, eles estão se precavendo para o que pode acontecer. E analisando possibilidades”, afirmou Italiano.

Engenheiros da Secretaria de Obras devem fazer uma vistoria no local nesta quarta-feira (25) para estudar de que forma o elevador deveria ser instalado se necessário.