SAÚDE E SEXUALIDADE – Perdi o desejo pelo meu parceiro e agora?

O desejo ……

Vem do desejo toda nova descoberta seja ela um relacionamento que deu super certo ou pela realização de algum acontecimento que marca nossas vidas. Quando se fala de relação sexual, pensamos: “Se o desejo está em tudo, por que não conseguimos manter nosso fogo acesso nas relações?”

Dhoje Interior

Muitas pessoas depois que passam por aquele momento de início de relação, entram na rotina, daí o sexo passa a ser só mais um detalhe, ao invés de ser aquele momento especial e gostoso entre os casais. Quando as relações chegam a esse ponto, muitos de nós nos pegamos pensando: “Não sinto mais tesão pelo meu parceiro e agora?”

E ao contrário do que a sociedade pensa a mulher também perde o interesse sexual, mas nossa cultura patriarcal faz com que muitas mulheres tenham relações sexuais somente para agradar seu parceiro, e aí que mora o perigo para felicidade, realização e saúde íntima da mulher.

O desejo vai embora quando estamos fracas, tristes, cansadas, doentes ou magoadas. Quando não gostamos mais da pessoa amada, quando estamos de luto, angustiadas ou entediadas, o desejo sempre acompanha as pessoas, sejam homens ou mulheres.
Sendo assim, se ele não está mais ali é porque algo aconteceu e recuperá-lo passa a ser um exercício mútuo de descobrimento, de si mesmo e de seu parceiro.

Fora problemas hormonais, psicológicos e emocionais que requerem um acompanhamento profissional para serem resolvidos e saírem do caminho da sua libido, é sempre bom lembrar que o desejo é uma chama sempre presente em você. Por isso a importância de cuidar da sua rotina pessoal, da sua saúde física e emocional, de manter vivo seu lado sensual. Conheça dicas para reacender o desejo:

1 – Encontre tempo: Se não está tendo tempo para você, escolha o que perder para poder ganhar o que realmente interessa; você é a pessoal mais importante do mundo.
Pense assim: só dou o que tenho, então preciso ter coisas boas dentro do meu coração.

2 – Organize seu dia: A desorganização é inimiga do tempo; faça um diário organize seus afazeres, nós temos o péssimo hábito de procrastinar. Tem um estudo que diz que a mente pode tudo, e pode ser educada, para você vencer a procrastinação se esforce para fazer algo por 28 dias e tempo que sua mente precisa para aceitar, processar e executar essa mudança.

3 – Corpo saudável: Sempre escolha por sua qualidade de vida, mantendo uma alimentação saudável e uma atividade física regular, isto está ligado intimamente à qualidade de sua sexualidade e autoestima. Faça elogios para você. Não deixe seu sabotador te diminuir, seus pensamentos te sabotarem.

4 – Trabalhe a mente: Pense em sexo tanto quanto puder, ou, pense em sexo tanto quanto você pensa em filhos, supermercado, padaria, roupas, higiene, assista vídeos eróticos ou eu prefiro os contos eróticos que fazem a mente voar na imaginação.

5 – Solte suas fantasias: Se permita e invista na mulher sensual que existe dentro de você. Fantasie e solte sua imaginação. Seja permissiva com suas fantasias e as viva sem culpas. Elas são só fantasias, por isto aproveite para transgredir, isso não muda você como mãe, empresária. Só te dá oportunidade de experimentar o novo. Estou lançando um ebook sensacional, venha saber mais no meu insta.

6 – Se permita pedir ajuda: Você não vai deixar de ser uma boa mãe só porque deixou seus filhos com a avó para poder ter uma noite de prazer. Ou não é fraca por se abrir com suas amigas. Precisamos pregar a sonoridade, afinal uma mulher sente na pele a maioria das dores que outra passa.

7 – Converse com seu companheiro: Aproveite para pedir ajuda nas tarefas domésticas. Fica mais fácil se as responsabilidades da casa e dos filhos forem divididas, mas faça isso com bom humor, sem cobranças e entenda cada pessoa tem seu jeito de fazer as coisas, respeite e aceite a forma dele ajudar.

8 – Invista no seu lazer: Passeie, saia, dance, cante e se solte. Se permita ficar longe do celular ou computador por algumas horas. Não se torne escrava dos afazeres domésticos. Coloque leveza nesta função.

9 – Dia de folga: Tire ao menos um dia no mês só pra você, pra fazer tudo aquilo que você quer, mesmo que seja dormir tranquila, ler um livro, ou simplesmente ter tempo de olhar o pôr-do-sol.

10 – Pense como os homens: associe o sexo ao prazer e se deixe levar por esse momento fantástico! E lembre-se: mente tranquila e corpo vigoroso funcionam como verdadeiros afrodisíacos, e se permitir a vídeos, grupos de mulheres e a falar de sexo sem tabus e preconceitos, afinal todo ser humano vem do sexo.

11-Faça uma visita ao sexólogo
Convide seu parceiro a procurar um sexólogo, um coach em relacionamento e sexualidade. Esses profissionais têm ferramentas e conhecimento na área da sexualidade para ajudar a você encontrar o desejo perdido e se reconectarem, e corram estou com a agenda livre.

12- Permita-se conhecer produtos eróticos
A cosmetologia sensual cresceu muito no Brasil. Hoje, temos produtos a base de ervas naturais que fazem um verdadeiro milagre na busca, seja da melhora do desejo sexual, como no combate à ejaculação precoce e impotência. São produtos a base de alta tecnologia com testes clínicos e dermatológicos.

Como exemplo do Orgax, apelidado por minhas alunas de viagra feminino, você aplica todos os dias uma gota, e tem também uma cápsula incrível a base de maca peruana, Damiana, entre outros elementos que estimulam o desejo.

E não podemos deixar de falar que existem massageadores íntimos incríveis em formatos lúdicos com várias formas de vibração que irão ser um super aliado na hora do sexo, estimulando mais ainda a resposta corporal da mulher para o desejo.

Todos esses produtos você encontra no site www.santaajudaeroticboutique.com.br
Quem não sabe estimular seus desejos sexuais, encontra um inimigo para cumprí-lo.

Mirna Zelioli – Formada em pedagogia e sexóloga em formação e palestrante em vendas. Gestora comercial, sensual coach, empresária do mercado erótico, criadora do projeto SAT (Sexualidade Amor pra Todos), Projeto de Inclusão, projeto CEL (Coragem e Empoderamento e Libertação).