Saúde confirma: Mulher morre por H1N1 e criança segue internada em tratamento

A Secretaria de Saúde confirmou dois casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, causados pelo vírus Influenza A, também conhecido como H1N1.

Por meio de nota, a Secretaria informou que o primeiro caso é uma mulher, 51 anos, que apresentou os primeiros sintomas no dia 02 de abril deste ano e foi internada no dia 08. Ela era moradora de Rio Preto e morreu depois de ficar em tratamento por cinco dias.

Já o segunda caso, informou a nota, é um menino de 5 anos. A criança apresentou os primeiros sintomas em no dia 05 de abril e foi internado no dia 10.

O menino continua internado e já apresenta melhora do quadro clínico.

A Secretaria ainda reforçou que o outono e inverno é o período de sazonalidade da influenza, ou seja, é quando o vírus começa a se manifestar, e ressaltou que a identificação laboratorial dos casos é realizada em pacientes internados com síndrome respiratória aguda grave.

Por Bia MENEGILDO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS