Sancionado reajuste dos servidores

O prefeito Edinho Araújo (MDB) sancionou a lei complementar 168/2020 quer reajusta os vencimentos dos servidores municipais em 4,31% retroativo a 1º de março deste ano.

Com isso, além dos vencimentos, os servidores terão o tíquete alimentação e os subsídios para o pagamento dos planos de saúde terão o mesmo percentual aprovado.

Dhoje Interior

Além do reajuste, a mesma lei complementar define as novas contribuições dos servidores municipais para a Riopretoprev (Instituto de Previdência) de 11% para 14% e a parte da Prefeitura que subirá de 22% para 25%.

A nova tabela de referência dos servidores está disponível no Diário Oficial de hoje (24).

Subsídio do prefeito, vice e secretários será reajustado em 4,31%

Foi sancionada a lei complementar 620/2020 que reajusta os subsídios do prefeito Edinho Araújo (MDB) para R$ 17.167,33, do vice-prefeito Eleuses Paiva (PSD) para R$ 8.580,54 e dos secretários municipais para R$ 15.210,48.

A proposta foi aprovada por unanimidade pelos vereadores no último dia 17.

Por Sergio SAMPAIO