Saiba como evitar o envelhecimento precoce dos fios

O envelhecimento capilar se determina pela perda de massa, brilho e pigmentação. Segundo especialistas, é comum ter aparecimento de alguns sinais como, fios brancos, ressecamento, diminuição do brilho dos fios, redução da velocidade de crescimento, afinamento e aumento da fragilidade dos fios. Então fique atento, se você sentir a perda de quantidade e qualidade dos fios, seu coro cabeludo pode estar sofrendo com o envelhecimento capilar.

O transtorno ocorre devido ao processo natural de diminuição da atividade celular nos folículos (onde ocorre a formação dos fios). Tal característica já está programada geneticamente. É notável que com o tempo há uma diminuição na produção da melanina responsável pela cor dos fios, dos lipídeos responsáveis pelo brilho e lubrificação dos cabelos.

Thaís Magalhães, tricologista da Clínica Derm, conta que um estudo japonês publicado em 2009 mostrou a mais recente descoberta sobre o envelhecimento capilar, revelou que além das características que são notáveis aos nossos olhos, o cabelo sofre alterações na estrutura interna, deixando os fios mais frágeis e envelhecidos. Acredita-se que esse fato está relacionado a queda dos hormônios sexuais que ocorre após os 45-50 anos em homens e mulheres.A profissional. “Procure um profissional tricologista para uma avaliação minuciosa do seu couro cabeludo e fios. Ele irá avaliar e orientar todos os cuidados que você precisa ter para manter sua saúde capilar e poderá evitar o envelhecimento”, diz Magalhães.

O cabelo branco é a principal característica do envelhecimento, porém, é o que menos se pode lutar contra, por ser genético. Mas algumas coisas como estresse e o tabagismo podem contribuir para o aceleramento do processo. Outros vilões nessa luta contra o envelhecimento podem ser a exposição excessiva ao sol, má alimentação e a ingestão de bebidas alcoólicas. Portanto boa alimentação, exercício, atividades físicas massagens e tratamentos antioxidantes, melhoram oxigenação e a corrente sanguínea, cuidando assim do couro cabeludo.

A cabeleireira Najila Bissi, conta que a partir dos 25 anos nossas células não se recompõem mais com a mesma rapidez, por isso é uma idade onde deve se iniciar cuidados. A profissional recomenda o consumo de vitaminas que ajudam no fortalecimento e na formação dos fios. “Nossa vida é sempre corrida e cuidar de uma boa alimentação é algo difícil, porém extremamente importante, pois pode fazer a diferença em muitas áreas na nossa saúde”, completou Bissi.

Estratégias eficazes no tratamento que têm como objetivo retardar o processo de envelhecimento, algumas delas são um auxílio para a reposição da massa capilar através da suplementação nutricional e procedimentos de hidratação, nutrição e reconstrução dos fios para aumento de brilho, além da resistência. A aplicação do laser de baixa potência tem ótimos resultados em relação ao processo antioxidante que ele provoca no organismo. Evitar o envelhecimento dos fios é um tanto quanto difícil haja vista que o cabelo é uma “proteína morta”, depois que o fio é formado no bulbo capilar tudo o que podemos fazer é cuidar do externo, então um cuidado de dentro pra fora é com certeza uma boa forma de tratamento e prevenção.

Colaborou: Thais LOBATO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS