Rio Preto:Unidade de AVC do Hospital de Base diminui tempo médio de internação de pacientes

Desde abril, a nova unidade especializada em tratamento de Acidente Vascular Cerebral (AVC) do Hospital de Base, que conta com 10 leitos, que funcionam 24h, e uma equipe médica multidisciplinar focada somente no problema, vem rendendo bons frutos para os pacientes do setor, que tiveram o tempo médio de internação reduzido de 10 para três dias, segundo a coordenadora da unidade de AVC, Dra. Mariana Battaglini.

“Normalmente o tempo de espera era de 7 a 10 dias. Hoje, a gente consegue iniciar a reabilitação antes. Sem contar, que com isso, o paciente tem uma melhora importante. O que facilitou o processo de agilidade no setor. A melhora do paciente ocorre aos nossos olhos. Hoje temos uma equipe especializada e o paciente consegue se recuperar mais rápido.”, explicou Dra. Mariana Battaglini.
De acordo com a coordenadora da unidade de AVC, a média mensal de pacientes varia muito no setor. “Tem mês que temos 60 pacientes, outros 20, porque o AVC é ocasional. Em meses mais quentes, como esse que estamos passando, aumenta bastante o número de pacientes por conta da hipertensão. A pressão aumenta e acontece o AVC”, disse Dra. Mariana Battaglini.

EVENTO
Para comemorar os resultados da unidade, o Hospital de Base realiza amanhã, das 13h às 16h, no anfiteatro do Centro de Convenções da Famerp – Faculdade de Medicina de Rio Preto, um evento gratuito sobre AVC, voltado para pacientes, familiares e comunidade, que receberão dicas dos membros da equipe multidisciplinar, de como se comunicar com o paciente, qual a melhor dieta, trabalhos para fazer em casa, entre outras situações.

Por Marcelo SCHAFFAUSER
[email protected]

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS