Rio Preto tem mais de quatro mil casos de dengue em 2020

A Secretaria de Saúde de Rio Preto atualizou os números da dengue no município nesta terça-feira (29). Foram 506 notificações durante o mês de junho, sendo que 11 casos foram confirmados, 15 descartados e 480 permanecem em investigação. Neste primeiro semestre, a cidade soma 4.628 casos confirmados e dois óbitos contabilizados.

Em comparação com o mesmo período do ano passado é possível observar uma queda brusca na quantidade de casos. Em 2019, Rio Preto já tinha mais 32 mil casos durante os seis primeiros meses, número 693% maior do que em 2020. “No ano passado, tivemos o maior índice de dengue da história da cidade, então quando comparamos com os números de 2019 com os atuais, os dados de 2020 parecem ser bem mais baixos. No entanto, os números deste ano são preocupantes e poderiam ser mais baixo”, afirmou o gerente da Vigilância Ambiental, Luiz Feboli Filho.

Dhoje Interior

Com 1.745 casos ainda investigação, a expectativa é de que os casos diminuam a partir deste segundo semestre. “A curva tende cair neste período por conta da falta de chuvas e o clima mais frio, mas não podemos relaxar. A recomendação é que as pessoas sempre fiquem de olho na parte externa da casa, vasos e ralos para evitar que os mosquitos coloquem os ovos”, explicou o gerente.

Além da dengue, a Saúde confirmou o primeiro caso positivo de Chikungunya. Outras 19 notificações foram feitas, sendo que 16 foram descartadas e duas seguem em investigação. Rio Preto também contabiliza 14 casos de Influenza, sendo seis do tipo Influenza A H1N1 pdm09, três do tipo Influenza A não subtipado e cinco do tipo Influenza B.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior