Rio Preto: Tarifa de ônibus sobe para R$ 3,10, novo valor será aplicado a partir do dia 18

Foto: Fábio CARVALHO

A partir do dia 18 de fevereiro, o primeiro domingo pós-carnaval, o usuário de transporte público de Rio Preto pagará um novo preço na passagem. Na manhã de ontem, em reunião entre representantes da Prefeitura e integrantes do consórcio Riopretrans, composto pelas empresas Circular Santa Luzia e Expresso Itamarati, definiram o reajuste de médio é de 3,29% sobre a passagem de ônibus, que agora passa do atual valor de R$ 3 para R$ 3,10, no dinheiro.
Coordenador de Mobilidade Urbana, Amaury Hernandes explicou como serão aplicados os novos valores.
“A tarifa técnica era R$ 3,43 passou para R$ 3,57, consequentemente são R$ 0,14. Para as outras passagens, o reajuste de R$ 0,14, o município está bancando R$ 0,04 e para estudante toda a integralidade do subsídio. Então, a partir de 18 de fevereiro a tarifa entra em vigor. Dinheiro e vale transporte de R$ 3 para R$ 3,10. No cartão de R$ 2,90 para R$ 3 e estudante continua R$ 1,30”, afirmou.
No total, com o novo reajuste, a Prefeitura irá gastar, aproximadamente, R$ 12.600.000,00 milhões por ano, ou R$ 1.032.880,00 por mês.
Em relação a melhorias no transporte público, Hernandes disse que os testes para a instalação de wi-fi devem começar até o final deste mês. “Inicialmente vamos trabalhar com wi-fi de 20 GB para verificar se é suficiente, se não vai atrasar, se vai atender. Serão três ônibus que serão testados agora de imediato. Até o final do mês devem circular em operação, e funcionando mesmo a partir do segundo semestre”, explicou o coordenador, lembrando que os custos da instalação do wi-fi será das empresas no valor de R$ 40 mil por mês.
Outra melhoria aguardada pelos usuários é o ar-condicionado nos ônibus, que, de acordo com Hernandes, só terá início após a troca da frota, que deve acontecer em 2019.

Por Marcelo SCHAFFAUSER

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS