Rio Preto: Quadra do Barro Serra continua há três anos sem cobertura, alunos querem a obra

REPRODUÇÃO/MAPS/ARQUIVO: Secretaria informa que há criação de orçamento para a recomposição da cobertura da quadra de esportes

Exatamente no dia em que os rio-pretenses acordaram com a notícia de que a cidade está entre as três melhores do Brasil no que se refere a oferta serviços públicos nas áreas sustentabilidade, saúde e educação. Cerca de 300 alunos fizeram um manifesto na frente da escola estadual professor, Antônio de Barro Serra, na manhã desta quinta-feira em Rio Preto. A unidade do bairro Boa Vista permanece há três anos sem uma quadra coberta.

DIVULGAÇÃO/UMES-09/08/2018: Protesto organizado por lideranças estudantis pressiona o estado em melhorias na quadra da escola há três anos sem cobertura

Parte dos alunos do 3º ano subiram a pé atrás de um trio elétrico até sede da Diretoria Regional de Ensino da cidade que fica no bairro Vila Santa Cruz, e conversaram com a dirigente da Regional de Educação sobre a reforma do espaço, “Prometeram que até agosto estariam começando as obras e até agora nada. Gente pode usar [quadra], mas quando o sol está quente ou quando chove fica impossível”, diz a estudante Stefani Caroline Bolonhez, 17 anos no 3º ano do ensino médio.

Informou a UMES (União Municipal dos Estudantes Secundaristas) que em conversas com a chefe de ensino a construção da cobertura está em andamento, porém não há previsão para quando deverá ser iniciada fora da planilha.

“Já que a gente tentou um diálogo quando a gente fez um outro ato agora a tolerância acabou, já que eles falaram que era em agosto poderia ficar pronta essa quadra, mas não chegou um saco de cimento até agora”, disse Arthur Grigolin Ferreira da UMES.

Além do abaixo assinado com 700 assinaturas uma carta com o pedido de melhorias na educação dos alunos foi entregue ao Governo do Estado de São Paulo. A reportagem deste jornal entrou em contato com assessoria da Secretaria Estadual de Educação, ‘A dirigente Maria Sílvia Zangrado Nakaoski recebeu os cerca de 100 alunos que foram à Diretoria de Ensino de Rio Preto na manhã desta quinta-feira (9) e a Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) está elaborando o orçamento para a recomposição da cobertura da quadra de esportes da EE Professor Antonio de Barros Serra’, informou órgão.

O espaço continua aberto para manifestações da outra parte da história. A dirigente de ensino Sílvia Zangrado Nakaoski também não foi encontrada quando procurada por telefone na Diretoria de Ensino.

DA REPORTAGEM:

Colaborou: Guilherme Ramos, às 1401.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS