Rio Preto: Prefeitura abre Licitação com recursos do Finisa para recapear 188 km

Foto Divulgação SMCS

A Prefeitura de Rio Preto abriu processo licitatório, CC 019/2019, que está na fase de recursos, para realizar recapeamento de aproximadamente 188 quilômetros em todas as
macrorregiões da cidade utilizando a linha de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), disponibilizada pela Caixa Econômica Federal.

O recape de uma das mais importantes vias de acesso à Região Leste, a Avenida Fernando
Costa, foi concluído após 25 dias e entregue nesta segunda-feira. Ao todo, 1,7 quilômetro
recebeu concreto betuminoso usinado a quente, cuja garantia de durabilidade é de cinco anos. A obra custou R$ 490.500,26.

“Todas obras de recape visam a melhoria do pavimento que apresenta desgaste da capa
asfáltica e aparecimento de buracos”, explicou o engenheiro Paulo Coutinho, assessor da
Secretaria de Obras.

ESTACIONAMENTO PROIBIDO
De acordo com o secretário de Trânsito, Amaury Hernandes, o fluxo na avenida é de 8.000
veículos, em média, das 7h às 19 horas.Ele ressalta que um estudo apontou a necessidade
de retirada de estacionamento do lado direito da via para garantir maior fluidez.

“No lado esquerdo, o motorista abre a porta na calçada e do lado direito existem muitas
empresas com recuo na parte frontal do estabelecimento”, ponderou.Questionado sobre
a possibilidade excesso de velocidade no local e instalação de radares na via para coibir as
infrações, o secretário informou que a avenida está sendo monitorada eletronicamente através do VDM (Volume Diário Médio).

“Vamos acompanhar como os motoristas vão se comportar e após análise serão decididas as ações mais adequadas”, enfatizou.

ROTATÓRIA E TRAVESSIA
A Avenida Fernando Costa deve ser beneficiada com a construção de uma nova rotatória,
que fará interligação com a Antonio Tavares Pereira Lima e vias do entorno.

O projeto prevê ainda a construção de uma nova travessia na rua Treze de Maio, nas imediações da Igreja Santo Antônio, região da Represa Municipal.

O investimento previsto é de R$ 4.879.916,75, com recursos do Finisa. Segundo a
Prefeitura, além de melhorar o tráfego a obra ajudará no represamento das águas da chuva na região. No meio da rotatória será construída uma lagoa de contenção pluvial.

Com 8,4 mil metros quadrados de pavimentação asfáltica, a rotatória deve ser concluída
em 180 dias.

 

Por Daniele Jammal

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS