Rio Preto: Prefeito anuncia Laboratório Municipal para 2018

Um paciente que precisa realizar exames de sangue e urina leva em média de três a quatro meses na fila de espera de algumas Unidades Básicas de Saúde de Rio Preto. De acordo com os dados da Prefeitura, a demanda reprimida, atualmente, é de 185 mil exames laboratoriais, este número representa 25 mil pessoas na fila.

Com o número expressivo de pacientes que aguardam pelos exames, a Prefeitura planeja implantar um laboratório municipal até abril de 2018. A promessa é reduzir, de maneira significativa, a demora nos diagnósticos. “Terminamos esta semana a tomada de preço feita em vários laboratórios, para iniciarmos a licitação. Em abril do ano que vem nós já teremos nosso laboratório próprio”, explica o Secretário da Saúde Aldenis Borim.

Dhoje Interior

Durante este hiato entre a escolha do laboratório ao processo de licitação, os pacientes contarão com um mutirão que terá inicio na próxima segunda-feira (18), em 12 Unidades Básicas de Saúde de Rio Preto.

A ação tem como principal objetivo reduzir o número de pessoas que estão na fila de espera. O encerramento do mutirão será no dia 31 de março de 2018. Serão R$ 800 mil investidos durante quatro meses, os exames serão feitos em parceria com a Santa Casa que será responsável pela contratação dos laboratórios.

“Nosso objetivo é fazer em quatro meses de 185 a 200 mil exames. São exames que estão represados, isso ocorreu em virtude do aumento do número de consultas oferecidas pela secretária, girou e nós não tínhamos aumentado o número de exames mensais, porque a verba deste ano não permitia. Então nós fizemos um rearranjo para conseguir acabar com a fila de espera”, afirma Borim.

A boa notícia para os pacientes da rede pública de saúde é que o laboratório municipal será no complexo pró-saúde, onde está instalado o Hospital Dia, o Centro Especializado da Saúde da Mulher (Caesm) e o Centro do Idoso. Segundo o Secretário de Saúde, cada exame custa atualmente R$ 5,25 com o laboratório municipal a expectativa uma redução chegando a R$ 3,70 por exame.

“Espero que com o laboratório diminua o custo, assim teremos um controle maior em relação à rapidez e eficiência do serviço. Até janeiro vamos entregar o Centro Médico de Especialidade que também será outro avanço para combater a fila”, afirma o prefeito Edinho Araújo.

As 12 unidades de saúde que farão a coleta foram escolhidas por critério do número de demanda, porém, até março de 2018 as 27 Unidades da cidade prestaram o atendimento.

UBSF Parque Industrial
UBSF Nova Esperança
UBSF Lealdade e Amizade
UBSF Cidade Jardim
UBS São Francisco
UBSF Rio Preto I
CSE Estoril
UBSF Gabriela
UBSF São Deocleciano
UBSF Solo Sagrado
UBS Vetorazzo

 

Por Mariane Dias