Rio Preto: Policiais Ambientais doam sangue em campanha batalha pela vida

Como parte dos eventos realizados em comemoração aos 28 anos de criação do 4º Batalhão de Polícia Ambiental, os policiais da Unidade doaram sangue no Hemocentro de Rio Preto.

A ação foi na manhã desta terça-feira e contou com a voluntariedade de 20 policiais e também familiares e amigos dos PMs.

No Hemocentro os doadores aproveitaram para fazer o cadastro no REDOME (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea) o que aumenta as chances de uma pessoa que necessite de transplante de medula óssea encontrar um doador compatível.

Interessados em doar sangue e até mesmo cadastrar-se como doador de medula óssea pode procurar o Hemocentro de Rio Preto, que fica na Av. Jamil Feres Kfouri, 80 – Jardim Panorama. Telefone para informações (17) 3201-5055.

Confira a campanha

Campanha Doar é legal Batalha pela Vida

A Campanha da Polícia Militar do Estado de São Paulo, iniciada na região de São José do Rio Preto teve início após o Oficial da Polícia Militar de Rio Preto, o Capitão Anderson Nunes, diagnosticado com leucemia, ter vivenciado e vencido uma batalha pessoal contra a doença. Após constatar as dificuldades e a enorme desinformação a respeito da doação de medula óssea, cujo transplante é a solução para muitas enfermidades e alimenta a esperança de milhares de famílias no mundo inteiro.

O objetivo dessa campanha não é só aumentar o número de doadores cadastrados, mas conscientizar toda a população da importância do tema, as enfermidades que podem ser curadas, a triste realidade das famílias que esperam por doadores.

A campanha também se mobiliza para a aprovação do projeto de lei federal 1724/2015, apresentado pelo Deputado Federal Major Olímpio, que irá facilitar a localização de doadores compatíveis. (Colaborou Chiara Gélio)

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS