Rio Preto: Polícia Ambiental apreende madeira nativa cortada irregularmente

As madeiras foram apreendidas pelos policiais ambientais

Após vistoria em uma propriedade rural no município de Orindiúva, que fica a 85 quilômetros de Rio Preto, os policiais encontraram madeira nativa de origem irregular. O infrator foi alvo de diversas denúncias de furtos e comercialização irregular da madeira nativa. A apreensão aconteceu na tarde da última quarta-feira.

De acordo com a Polícia Ambiental, no total foram apreendidas 18 toras de madeira nativa (aroeira e jatobá), uma motosserra e materiais para corte e beneficiamento da madeira. O infrator M.R.R., 28 anos, recebeu foi autuado por infração ambiental no valor de R$ 9 mil.

Os policiais afirmam que chegaram à propriedade rural depois de denúncia que o rapaz estaria no local. Assim que chegaram encontraram o homem cortando as lascas das madeiras. O ato criminoso que ele estava praticando era pegar essas madeiras em propriedades sem autorização e vender irregularmente.

As madeiras foram apreendidas e o rapaz vai responder em liberdade. (Colaborou: Chiara Gélio)

SEM COMENTÁRIOS