Rio Preto: Mulher ateia fogo em casa de ex-companheiro

Uma mulher de 44 anos foi presa em flagrante, após atear fogo na casa do ex-companheiro, local onde ela também morava, na Vila Angélica, em Rio Preto.

Segundo Ayrton Alves, de 58 anos, o ato criminoso teve início, na madrugada deste domingo (26), após uma discussão motivada por ciúmes por parte da ex-companheira, Rosa Helena de Abreu.

Dhoje Interior

“Mesmo separados, como ela estava com problemas de doença, eu socorri ela de volta, dei uma segunda oportunidade para cuidar dela. A filha dela, estava com a gente ontem, estávamos em um bar e ela acabou agredindo também a filha. Fomos para casa, eu abri a porta para ela entrar, mas não entrei. Chamei a polícia, eles pediram para eu ir embora e deixar ela lá. A filha de dela foi para rodoviária para ir embora”, disse Alves.

Após ter se afastado da própria casa por um tempo, Alves voltou ao local e encontrou o imóvel todo incendiado.  Além de ser residência, o local era onde Ayrton fazia os consertos e prestava serviços como relojoeiro. “Voltei para casa e estava tudo queimado. Minha oficina, minha peças, sou relojoeiro, acabou com a minha oficina. Eu perdi tudo”, lamentou a vítima.

Ainda na manhã deste domingo, equipes dos bombeiros precisaram voltar ao local para conter um princípio de incêndio que rapidamente foi controlado. A perícia também compareceu no local.

Por Mariane Dias