Rio Preto: Motoristas de Uber apresentam propostas ao prefeito para a regulamentação do trabalho

O Prefeito Edinho Araújo se reuniu com secretários, vereadores e representantes da Uber na manhã desta terça-feira (12), na Prefeitura de Rio Preto.

Durante a reunião foram discutidas soluções, o trabalho desenvolvido pelos profissionais e o processo de regulamentação dos motoristas de Uber no município. O representante da Comissão dos Parceiros Motoristas da Uber, Wilson Rodrigues, entregou uma lista de sugestões ao prefeito para elaborar uma lei que favoreça a todos os motoristas.

“Na realidade tudo são sugestões, provavelmente, o prefeito vai pegar sugestões nossas como vai pegar dos taxistas e assim conseguir formular uma lei justa”,

Uma das sugestões é o cadastramento de todos os motoristas de aplicativos na Secretaria de Trânsito, além disso, o representante da comissão ressaltou a importância da capacitação dos motoristas para que todos passem por um curso de treinamento do Sest Senat.

“É preciso passar pelo processo de capacitação e sugerimos que o prefeito cobre R$0,10 por KM rodado de cada viagem do aplicativo”, finaliza Wilson Rodrigues.

Dentro do próprio grupo é possível notar divergências, Maria Alliny Martins é motorista de Uber há quatro meses afirma que o trabalho a ser feito chama-se um processo de aceitação e não como discutido na reunião definido por regulamentação.

“Na verdade todo mundo fala na regulamentação, mas não é este o nome a ser usado na verdade é aceitação, aceitar a tecnologia que chegou para nós. Não chamar nós de clandestinos porque nós não somos”, conclui.

De acordo com o secretário de Trânsito, Transportes e Segurança, Marcos Apóstolo, a reunião foi um momento de acompanhamento de como será o processo de regulamentação dos motoristas de Uber. É uma fase inicial deste processo. “Precisamos saber as exigências, todos os trâmites a serem inseridos e como será o formato de todo o processo.”

 

Por Mariane Dias 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS