Rio Preto: Jovem suspeito de praticar tentativa de latrocínio é identificado

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Rio Preto identificou um dos suspeitos envolvido em uma tentativa de assalto a um comércio de açaí, na Vila Toninho, no dia 10 de dezembro de 2017.

Dois homens participaram da ação criminosa, Gabriel Soares Pereira de 22 anos foi identificado pela Polícia Civil. O jovem é morador do Damha 6, em Rio Preto.

De acordo com o delegado que investiga o caso, Fernando Tedde, o rapaz identificado tem passagem pela polícia por tráfico de drogas, a prisão do envolvido foi decretada. “O setor de inteligência da DIG conseguiu identificar um dos assaltantes, justamente o que teve a orelha arrancada. Ele mora no condomínio, mas não se encontra no local, está foragido. A gente divulga o telefone 197 para que as pessoas possam fazer a comunicação deste crime ou qualquer outro que tenham conhecimento”, conta o delegado.

Após serem capturados os suspeitos responderão por tentativa de latrocínio. “Durante o assalto eles acabaram atirando de forma a colocar em risco a vida das pessoas”, finaliza Tedde.

O caso

O crime aconteceu no dia 10 de dezembro do ano passado quando dois bandidos encapuzados e armados invadiram um comércio de açaí, durante a madrugada de domingo, na Vila Toninho em Rio Preto.

No momento do crime, o dono do local estava acompanhado da esposa, da filha de 9 anos, da sobrinha de 8 anos, do irmão e alguns clientes. Durante o crime um dos bandidos estava com um revólver, enquanto o outro portava uma arma de eletrochoque. O ladrão que estava com o revólver se aproximou do comerciante e exigiu o dinheiro do caixa, no momento ordenou que todas as outras pessoas fossem até a cozinha do comércio.

A vítima entregou ao criminoso R$ 500 em espécie e uma pulseira de ouro avaliada em R$ 7 mil. Um dos bandidos viu duas crianças, filha do comerciante e a sobrinha, escondidas em baixo do balcão, ao se aproximar as menores começaram a gritar. Para defendê-las, o irmão do comerciante entrou em luta corporal com o ladrão que em seguida efetuou vários disparos.

J.C.P.M  de 36 anos foi baleado no braço e região lombar. Durante a briga o comerciante arrancou, com uma mordida, uma das orelhas de Gabriel Soares Pereira. Na época a vítima baleada foi encaminhada ao Hospital de Base.

Por Mariane Dias 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS