Rio Preto: Incêndio destrói parte vegetação reflorestada no Instituto Florestal

GUILHERME RAMOS/DH - 06/04/2018: Área atingida pelas chamas fica dentro de uma estação experimental.

Os ventos de até 13 quilômetros por hora deram trabalho para uma equipe de três militares do Corpo de Bombeiros, que controlaram as chamas de um incêndio dentro da estação experimental desativada e tomada pelo mato alto no Instituto Florestal, durante o início da tarde desta sexta-feira (06), que fica ao Distrito Industrial Ulisses Guimarães onde funcionava o antigo Instituto Penal Agrícola (IPA).

Parte da área de vegetação reflorestada pegou fogo por volta da 13h30 com espécies nativas e plantas de espécies exóticas, além de pequena área remanescente de cerrado pegou fogo por volta das 13h30, dois agentes da Defesa Civil e um funcionário da Secretaria Estadual do Meio Ambiente estiveram acompanhando o andamento da ação de rescaldo.

O espaço onde o incêndio foi provocado tem 221,10 hectares dividas em duas num total de 8 km de extensão o equivalente a 12 campos de futebol, dois caminhões tanque com água também foram mobilizados, além de casas e industrias que ficam ao entorno, funciona uma unidade da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) e pista de pouso do Aeroclube anexa ao Aeroporto da cidade.

TEMPO RUIM

Não houve registro de feridos; a fumaça cinzenta tóxica não passou despercebida pelos motoristas que trafegam pela rodovia Washington Luís. Nessa época do ano e com o tempo seco principalmente na região Noroeste Paulista, acaba sendo comum a proliferação de queimadas no perímetro urbano.

DA REPORTAGEM:

Colaboração: Guilherme Ramos, às 16h53.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS