Rio Preto: Pintor é espancado por dívida de R$ 800

ARQUIVO/DELEGACIA - Duas mulheres, uma é policial, registrou um boletim de ocorrência.

Um rapaz de 28 anos foi agredido e torturado por três homens e o motivo é uma dívida de R$800. O pintor procurou ajuda na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte depois de ser agredido. O caso aconteceu no Jardim Paraíso, em Rio Preto, na noite da última terça-feira.

De acordo com o coordenador da Guarda Civil Municipal Vitor Cornachione, a equipe foi chamada por uma enfermeira da unidade de saúde para atender uma vítima que estava no local com lesões corporais em diversas regiões do corpo, como corte na cabeça e sinais de esganadura.

O rapaz A.D.B.F., 28 anos, afirmou que estava nas proximidades de um bar quando três homens em um automóvel Monza de cor vermelha pararam e exigiram que ele entrasse no porta malas do carro. Em seguida, foi levado até um canavial, onde foi agredido com pedaços de pau, enforcado com uma corda e cortado com algum tipo de objeto que ele não soube identificar.

A vítima ainda afirmou no boletim de ocorrência que os homens fizeram isso para cobrar uma dívida de R$800, que ele teria que pagar até às 20h de ontem.

O rapaz foi transferido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Santa Casa, onde recebeu cuidados médicos. Ele precisou de acompanhamento até o local da Guarda Civil Municipal. (Colaborou: Chiara Gélio)

 

SEM COMENTÁRIOS