Rio Preto fica estagnado na fase 2 (Laranja)

Longas filas e aglomerações se formaram ao redor de lojas da área central desde o início da flexibilização em Rio Preto

O governo de São Paulo sempre as quartas-feiras deve fazer um balanço do quadro do avanço do Covid-19 e as taxas hospitalares no Estado.

Nesta primeira avaliação, feita nesta quarta-feira (3), Rio Preto manteve-se na fase 2 (Laranja) com isso as determinações impostas pelo Estado para a abertura de algumas atividades comerciais e regradas de forma mais local a partir desta quinta-feira (4) pela Prefeitura continuam valendo.

Dhoje Interior

Com isso apenas Comércio em Geral, Shoppings e Serviços regrados dentro da fase laranja podem funcionar na cidade com o regramento de 4 horas de funcionamento consecutivo e capacidade máxima de 20%.

Com isso setores como salões de beleza, barbearias e bares e restaurantes continuam sem poder funcionar com atendimento de público nos locais.

O faseamento de cada região dependerá da Capacidade do Sistema de Saúde: taxa de ocupação de UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) por pacientes com Covid-19, leitos UTI Covid para cada 100 mil habitantes na região e Evolução da epidemia: número de casos, número de internações e número de óbitos. Essa troca de fase poderá ser alterada para mais flexível ou menos flexível, conforme o cumprimento de cada protocolo que inicialmente será feito a cada 7 dias e posteriormente a cada 14 dias.

O próximo balanço que pode mudar a fase de Rio Preto acontece na próxima quarta-feira (10). O governador João Doria (PSDB) salientou mais uma vez que as decisões sempre serão tomadas como base uma retomada gradual que será amparada pela ciência.

Por Sergio SAMPAIO