Rio Preto: Exposição prepara a chegada da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

A Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental chega em Rio Preto neste mês de setembro. Serão dezenas de exibições gratuitas de filmes socioambientais em pontos culturais e de educação na cidade.

Preparando a chegada do evento, foi lançada no Riopreto Shopping, uma exposição sobre a Mostra e seus filmes. Fotos, sinopses e curiosidades sobre o festival ficarão disponíveis para apreciação do público até o próximo dia 17, um dia antes da abertura da Mostra na cidade.

Os filmes da exibição tratam de mudanças climáticas, vida nas cidades, indústria da moda, água, economias alternativas, ativismo ambiental e outros temas. São produções do Brasil, Franças, Estados Unidos, Dinamarca e Canadá.

Sobre a Mostra Ecofalante

A Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é um dos mais importantes eventos audiovisuais da América Latina voltado aos temas socioambientais. Seleciona e exibe filmes premiados em festivais do mundo todo, a maioria inéditos no Brasil, e desenvolve ao longo do ano um trabalho educativo em escolas e universidades.

Desde a primeira edição, em 2012, já atingiu diretamente mais de 150 mil pessoas. Foram exibidos 423 filmes, de todos os continentes, em 25 cidades do Estado de São Paulo. Chegou a 170 espaços de exibição, entre cinemas, escolas, universidades, parques, espaços públicos, unidades do Sesc e do Senac, Fábricas de Cultura, CEUs e ETECs. Realizou cerca de 320 debates e mediações, sobre temas como mudanças climáticas, água, cidades, energia, globalização, economia, ativismo, povos e lugares, resíduos sólidos, entre outros.

A Mostra Ecofalante em São José do Rio Preto é uma realização da ONG Ecofalante, do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura, patrocinada pela Guarani – Mais que açúcar, com apoio da Prefeitura de São José do Rio Preto, Riopreto Shopping e Senac. Tem apoio institucional da Acirp, Câmara Municipal, Colégio Santo André, Colégio São José, Centro Paula Souza, FAMERP, Ibilce/ Unesp, Senai, Serviço Social São Judas Tadeu, Sesi e Unorp.

 

Da Reportagem

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS