Rio Preto: Estelionatários se aproveitam da ‘bondade’ das vítimas para aplicarem golpes

Três vítimas registraram nesse último domingo boletins de ocorrência, relatando golpes de estelionato em Rio Preto. Dois deles já são conhecidos no meio policial, podendo ser chamado de ‘falso mecânico’, na qual sempre tem um parente com o carro quebrado, precisando de dinheiro na rodovia. Confira os casos.

Uma das vítimas é o homem J.A.M., 55 anos, morador do Jardim Dom Lafaiete, em Rio Preto, que no último domingo por volta das 10h recebeu a ligação de um rapaz se passando pelo sobrinho. O suposto sobrinho disse que estava vindo de José Bonifácio e o carro quebrou na rodovia, ele precisava de uma quantia no valor de R$ 450 para o conserto. A vítima fez o deposito e só depois foi descobrir de que se tratava de um golpe.

Já a aposentada M.I.O.R., 74 anos moradora de Rio Preto, no último domingo por volta da 9h30 também recebeu a ligação de um falso sobrinho, que vinha do estado do Mato Grosso e estava com o carro quebrado perto da cidade de Pindorama e precisava de R$ 1.500 reais emprestado. A vítima quase caiu no golpe, mas antes resolveu ligar para uma sobrinha lhe acompanhar até o banco. Somente aí descobriu o golpe. Logo após ligaram para o verdadeiro sobrinho que desmentiu a situação e conseguiu alertar a idosa a tempo.

Já o outro golpe registrado possui uma ação diferente e vitimou a mulher K.F.G.G., 42 anos, moradora do residencial Solidariedade, em Rio Preto.  No último domingo ela foi até uma das agências bancárias do Banco Caixa Federal, para sacar cerca de mil reais, referente ao FGTS que tinha direito. Nesse momento ela descobriu que golpistas fizeram o saque da conta em São Paulo, na grande capital.

“Registrei o boletim de ocorrência para que isso não fique assim, não tive culpa e quem tem que resolver isso é o banco responsável. Quero meu dinheiro”, comentou a vítima.

Os casos serão investigados pela Polícia Civil.  (Colaborou Chiara Gélio)

 

SEM COMENTÁRIOS