Rio Preto: Entregador é assassinado em cobrança de dívida contraída por primo

Um entregador de 33 anos foi assassinado com um tiro no peito, na noite de sábado (20), no residencial Caetano, em Rio Preto.

De acordo com o boletim de ocorrência, Eder Bruno de Melo Alves caminhava com a esposa, próximo de sua casa, quando foram surpreendidos por dois homens em uma moto. Eles cobravam uma dívida de R$ 500, referente a compra de uma arma de fogo feita pelo primo da vítima.

Durante a discussão, um dos homens pegou a arma que carregava na cintura e atirou em Eder. O tiro atingiu a região do peito.

A vítima chegou a ser socorrida até a Unidade de Pronto Atendimento do Santo Antônio, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Pelas imagens do celular da esposa da vítima, foi possível identificar os dois suspeitos.

Um dos suspeitos foi encontrado pela polícia, horas depois do crime, caminhando pelo bairro Estância São Pedro III. Ele tentou fugir, mas foi preso.

Em depoimento, o homem confirmou que aparece no vídeo discutindo com a vítima, no entanto, quem efetuou o disparo foi o outro homem, um vendedor de 31 anos, que ainda está foragido.

A Polícia Civil está investigando o caso.

Da Reportagem

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS