Rio Preto: Edinho, vice e vereadores tomam posse na Câmara Municipal

Edinho acena ao público presente durante primeiro discurso como prefeito reeleito de Rio Preto para 2017-2020 (Daniel Espinha/DHoje Interior)

Os 17 vereadores, vice-prefeito e o prefeito eleito de Rio Preto, Edinho Araújo (PMDB) tomaram posse dos cargos neste domingo (01), na Câmara Municipal, numa solenidade presidida pelo vereador mais votado nas eleições 2016, Fábio Marcondes (PR). O 1° escalão do governo Edinho também foi empossado. Depois da cerimônia, a Câmara elegeu por unanimidade o vereador Jean Charles (PMDB) à presidência da Casa.

Em seu primeiro discurso como prefeito, Edinho anunciou a liberação de R$ 1 milhão para a Cidade da Criança por meio do Ministério do Turismo do governo Temer. “Vamos ter em breve a nova Cidade da Criança”, garantiu Edinho. Além do anúncio, o prefeito voltou a reafirmar cortes de gastos, transparência e prioridades com saúde, educação e com a área social do Município.

Edinho também prometeu “atenção especial” ao Bosque Municipal, como também afirmou que irá colocar o trem caipira para rodar “em breve”. O prefeito ressaltou ainda que colocará o Parque Tecnológico em funcionamento “de imediato” e por fim deixou um recado para a nova administração, “quero evitar que haja corrupção, esse é o recado que eu dou, não tem tolerância, se o fato for comprovado, não tem conversa, é demissão na hora”, finalizou.

Empossados

Os primeiros a tomarem posse foram os 17 vereadores eleitos para 2017-2020. Fábio Marcondes (PR), Renato Pupo (PSD), Jean Dornelas (PRB), Francisco Júnior (DEM), Paulo Pauléra (PP), Karina Caroline (PRB), Cel. Jean Charles (PMDB), Pedro Roberto (PRP), Peixão (PSB), Jorge Menezes (PTB), Marco Rillo (PT), Marcia Caldas (PPS), Gerson Furquim (PP), Marinho das Bombas (PSB), Claudia de Giuli (PMB), Zé da Academia (DEM) e Anderson Branco (PR) foram empossados.

Depois dos vereadores, o vice-prefeito Eleuses Paiva (PMDB) e o prefeito Edinho Araújo (PMDB) tomaram posse. Depois da cerimônia, 16 chefes municipais e 18 secretários anunciados por Edinho para o 1º escalão do governo foram empossados na Prefeitura. O vice-prefeito e secretário anunciado para a Saúde, Eleuses Paiva não tomou posse por conta de problemas relacionados a documentação. No lugar dele, interinamente, assumiu o jurista Antônio Baldin.

Por Francela PINHEIRO

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS