Rio Preto é 11ª cidade brasileira e 3ª paulista na geração de empregos em 2017

Rio Preto foi o 11º município que mais gerou empregos no Brasil em 2017 – dentre um total de 5.660. No Estado de São Paulo, o resultado foi ainda melhor: a cidade ficou em 3º lugar na criação de vagas, atrás apenas de Matão (4.203) e Bebedouro (2.470). Certamente, o resultado é motivo de comemoração para as 2.120 pessoas que foram empregadas de janeiro a dezembro do ano passado na cidade.

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Trabalho e Emprego (SMTE), também celebra, uma vez que o Balcão de Empregos, serviço que facilita a relação “empresas contratantes e trabalhadores em busca de oportunidade” é importante ferramenta para movimentação do mercado de trabalho local.

“Nosso Balcão ofereceu no ano passado 3.540 vagas, às quais tivemos confirmação de 1.802 contratações efetivadas [50,90%]. Isso sem contar o apoio que demos a grandes processos seletivos, como as 200 contratações feitas pelo Tenda Atacado e as 1.500 vagas disponibilizadas pela Guarani Tereos na cidade e região”, lista o secretário da pasta, Edemilson Favaron.

O saldo também sinaliza uma recuperação das atividades econômicas, uma vez que o município fechou 2016 com um déficit de 4.639 postos de trabalho. De acordo com o Caged, Rio Preto tem hoje 132.461 vagas de empregos formais.

Sobre o Balcão de Empregos

O Balão de Empregos registrou cadastro de 20.788 currículos em 2017, sendo que 18.933 deles foram feitos presencialmente pelo atendimento na SMTE e na Praça Laranja do Poupatempo. Durante o período, o sistema contava com 287 empresas ativas na divulgação de vagas.

O serviço gratuito também está disponível na internet pelo site www.riopreto.sp.gov.br/balcaoempregos. Nele, o candidato cadastra seu currículo e, depois, manifesta interesse nas vagas de sua intenção. O contratante, por sua vez, também lança as ofertas e recebe, diretamente em seu e-mail, os currículos dos candidatos que atendem ao perfil procurado.

Da REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIOS