Rio Preto cresce quase 1% e ultrapassa 460 mil habitantes

Foto: Voos Rio Preto

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apresentou um relatório sobre o crescimento dos 5.570 municípios brasileiros. A estimativa feita pelo Instituto mostrou que o Brasil cresceu 0,79% (taxa ao ano). A data base tem como referência 1º de julho.
O IBGE informou ainda que houve queda no crescimento em comparação ao período 2017/2018, segundo a Projeção da População 2018.

São José do Rio Preto apresentou, nesta estimativa, um crescimento de quase 1%. A cidade tem hoje, de acordo com o IBGE, 460.671 habitantes, contra 456.245 na projeção divulgada em 2018. A diferença de 4.426 novos habitantes representa exatamente 0,97% no crescimento populacional da cidade.

Importante lembrar que, recentemente, mais precisamente na última terça-feira (27), a Câmara aprovou, em primeira votação, a inclusão de mais 2,4 milhões de metros quadrados ao perímetro urbano que devem ser destinados à construção de empreendimentos imobiliários. O loteamento destes cinco terrenos abrigariam, em tese, cerca de 20 mil pessoas.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Negócios de Turismo, Jorge Luiz Souza, destacou a chegada de pessoas em busca de novas oportunidades como principal fator pelo grande aumento no número de cidadãos. “Somos um polo regional, a maior cidade do noroeste paulista, e isto atrai investidores, grandes empresas e um movimento migratório elevado. Nosso setor de comércio e serviços é amplo e isso atrai as pessoas”, afirmou.

O responsável pela Pasta de Planejamento, Israel Cestari, enfatizou dados que apontam a cidade como o terceiro melhor município do Brasil para se viver. Cestari também falou sobre a posição de 12ª cidade mais populosa do Estado e 51ª no país.

Outro ‘trunfo’ que a cidade ostenta ante as demais cidades em todo território nacional, é o saneamento básico. O Semae (Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto) colocou São José do Rio Preto no 7º lugar entre as cidades com mais de 100 mil habitantes no ranking de melhores sistemas de saneamento básico.

“Rio Preto também é considerada a segunda melhor cidade do país com mais de 100 mil habitantes em governança, segundo o Índice de Governança Municipal IGM-CFA, lançado pelo Conselho Federal de Administração com auxílio técnico do Instituto Publix para o Desenvolvimento da Gestão Pública”, informou a Prefeitura.

Ainda de acordo com a Administração, a cidade atingiu, no índice geral, nota de 8, 49, ficando atrás somente de Indaiatuba que alcançou nota 8,7. Vale ressaltar que as duas cidades são do Estado de São Paulo.

O prefeito Edinho Araújo (MDB) falou sobre esse aumento populacional. Ele destacou os excelentes índices nos diversos rankings que Rio Preto ocupa.

“Com índices positivos é natural que as pessoas queiram morar aqui. Além disso, também estamos entre as 20 melhores cidades do Brasil para se fazer negócio e recentemente recebemos o 1º lugar no programa Município Verde Azul. Temos qualidade de vida, saúde, educação, saneamento e administração confiável. Tudo isso só é possível com muito planejamento e boa vontade no serviço público”, finalizou Edinho.

Por Ygor Andrade

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS