Rio Preto: Bombeiros procuram por corpo de rapaz na represa municipal

Equipes dos Bombeiros procuram por corpo de rapaz dentro da represa municipal, na manhã desta sexta-feira (24), em Rio Preto.

Segundo testemunhas, os dois homens brigavam às margens da represa e durante o desentendimento um deles com uma faca teria obrigado o outro a se jogar na água.

Dhoje Interior

“Estava passando e vi uma mulher gritando, próximo aos dois homens, ela pediu para que eles parecem a briga. Um dos homens tinha uma faca e parecia que golpeava o outro. Essa mulher que chamou os bombeiros”, conta um motociclista que não quis se identificar.

Outra testemunha disse que ouviu um dos homens exigindo para que o  outro pulasse na água. “Eu ouvi os gritos, eu estava passando por aqui, e um deles mandava a pessoa mergulhar porque estava roubando o bairro e exigia que o cara pulasse. E ele fez isso”

A discussão aconteceu próximo ao anfiteatro da Swift. Equipes dos bombeiros procuram pelo corpo. “Pra nós é um afogamento, estamos fazendo as buscas numa amplitude maior para ver se localizamos a vítima”, conta o Capitão Ivair da Silva, do Corpo de Bombeiros.

O Capitão pondera que, na represa existem buracos naturais que facilitam o afogamento pela profundida destas áreas que chegam a 2 metros. ” A pessoa pode ser surpreendida, então é um lugar que não é apto para nadar. A gente orienta a população não entrar neste local aqui, mesmo porque é proibido nadar neste local”.

Oito bombeiros procuram pelo corpo do jovem, a cor da água dificulta o serviço das equipes. “A visibilidade é zero, então as buscas é pelo tato devido a água ser turva”, finaliza Silva.

As equipes da Polícia Militar estiveram no local. Há suspeitas de que os homens sejam moradores de rua. Até o momento, o homem envolvido na briga, suspeito de cometer o  crime não foi localizado.

Por Mariane Dias