Rio-pretense lança clipe com Daniel Alves

Foto: Divulgação

Com apenas 22 anos, cantora e dançarina rio-pretense lança clipe de música que conta a história do lateral do Paris Saint-Germain Daniel Alves. O clipe conta com cenas feitas na Bahia e Paris e com a presença do jogador na parte vocal.

A dançarina Rocha sempre foi apaixonada por arte, principalmente dança, quando criança na escola sempre liderava as apresentações musicais e aos 12 anos começou a fazer aula de dança com o professor e produtor de dança Alex Darc, que foi quem a projetou para a vida profissional aos 16 anos, com apresentações em festas, aberturas de shows entre outros eventos. Com 20 anos, a pequena sonhadora da região Norte foi começar sua carreira em São Paulo, como dançarina do programa global “Domingão do Faustão”.

A ideia do clipe “Levo Aonde Eu Vou”, veio do líder de uma produtora que teve queria contar a história de Daniel Alves em uma música e por já conhecer o trabalho de Sabrina, resolveu chamar a cantora para ser a voz principal da musica. É uma homenagem e uma forma de incentivo para todos os brasileiros já que a história do jogador pode inspirar várias crianças que se encontram na mesma situação como Daniel viveu na infância.

A letra foi escrita por um conjunto de artistas, que também participam da produção do áudio e clipe. Sabrina, Daniel Alves, Mc Gra, Dj Kalfani e Tomim da banda Pollo escreveram juntos a letra da canção. Ainda em uma conversa informal um dos produtores do clipe, levantou a hipótese do jogador fazer uma participação na parte vocal, que foi aceito logo de imediato, já que a música é algo sério para Daniel Alves.

Foi o primeiro contato da cantora com o jogador, mas Sabrina conta que foi uma experiência maravilhosa, segundo ela o tempo que passou com Daniel foi uma aula de humildade e simpatia. O clipe foi gravado em dois cenários bem diferentes, na Bahia e em Paris, para ilustrar as duas fases da vida do lateral, quando ele começou sua carreira e depois do sucesso. Março foi a primeira vez que o clipe foi gravado, por conta de um furto que o diretor sofreu em Paris, todo o material da gravação foi perdido. Então a segunda e definitiva gravação foi feita em Maio.

Sabrina Rocha que nunca tinha saído do Brasil conta que esse assalto foi um divisor de águas para toda a equipe. “O contratempo serviu para nos dar um ‘chacoalhão’ mostrar que não ia ser fácil, mas que tudo poderia ficar ainda melhor se nos esforçássemos”, contou Rocha. Apesar do susto, a dançarina diz que se sentiu muito feliz quando viu todo o material pronto. “Felicidade e gratidão é o que eu senti, aquele trabalho me deu um mix de emoção, em alguns momentos sentia alegria, outros insegurança, quando vi que todo o esforço se transformou em um trabalho tão lindo, senti muita gratidão”, completou a cantora.

O ator que fez Daniel Alves na infância é irmão de Sabrina, o pequeno Vicente Freitas de 6 anos, que apresenta uma semelhança grande com o jogador quando criança.

Colaborou: Thais LOBATO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS