REUNIÃO: Quadro da pandemia na cidade é detalhado e Edinho mantém quarentena

Reunião Prefeito Vereadores. 02/04/20. Foto: Ivan Feitosa/Pref. Rio Preto.

Em reunião que durou aproximadamente três horas no 9º andar da Prefeitura de Rio Preto e que contou com a participação de 14 dos 17 vereadores da cidade os mesmo puderam ouvir as explicações técnicas perante o atual momento vivido no combate ao coronavírus (Covid-19).

O questionamento principal foi feito em torno da possível reabertura do comércio após o dia 7. O corpo jurídico da Prefeitura esclareceu que vai acompanhar a decisão que for tomada na próxima semana pelo governo do Estado.

Dhoje Interior

Segundo o presidente da Câmara, Paulo Pauléra (Progressistas), o tema principal da reunião foram as explicações do secretário da Saúde, Aldenis Borim, que trouxe dados sobre o atual quadro vivido pela Saúde no que diz respeito ao coronavírus.

Durante a live feita na manhã desta quinta-feira, dia 2, o secretário afirmou que este não é o momento de flexibilizar a abertura do comércio. Borim deixou bem claro que a reabertura neste momento das lojas de varejo traria consequências gravíssimas para a saúde pública, isso segundo ele foi demostrado no mundo todo onde essa atitude foi tomada. “Nós teríamos uma epidemia sem precedentes se abríssemos agora”, declarou.

Segundo um parlamentar que não quis se identificar, teve vereador que defendia a reabertura imediata que mudou de ideia após tomar conhecimentos dos dados apresentados pelo secretário de Saúde.

O vereador Jean Dornelas (sem partido) fez uma live em seu facebook, após o término da reunião afirmando que os vereadores receberam números demostrando quando é veloz e voraz a atuação do coronavírus já em Rio Preto. Ele parabenizou a forma que as equipes de saúde do município estão atuando e se preparando.

“Se depender dos números não podemos ter esperança da reabertura do comércio e serviços a partir do próximo dia 7”, relatou Dornelas.

O prefeito Edinho Araújo (MDB) aproveitou para informar sobre as ações de saúde e socioassistênciais que estão sendo realizadas pela Prefeitura no combate ao vírus.

“Estamos fazendo o possível para evitar os problemas econômicos e principalmente de saúde durante a crise instalada pela chegada do vírus em nossa cidade”, salientou Edinho.

A reunião contou com a presença além do prefeito e do secretário de Saúde, do vice-prefeito Eleuses Paiva, dos secretários, Adilson Vedroni (Procuradoria), Luís Roberto Thiesi (Administração) e Jorge Luís de Souza (Desenvolvimento).

Os vereadores presentes foram 14: Paulo Pauléra (Progressistas), Fábio Marcondes (PL), Renato Pupo (PSDB), Marco Rillo (PSOL), Márcia Caldas (PSD), Pedro Roberto (Patriota), José Carlos Marinho (PSB), Gerson Furquim (sem partido), Celso Peixão (sem partido), Cláudia di Giuli (PMB), Anderson Branco (PL), Jean Dornelas (sem partido), Jorge Menezes (PTB) e Karina Caroline (Republicanos).

Por Sergio SAMPAIO