Reserva dos Gûyrás alcança 80% das unidades vendidas em cinco meses e sinaliza aquecimento do mercado

Sucesso de vendas do novo residencial demonstra otimismo com investimentos em imóveis em Rio Peto

Principal lançamento imobiliário do primeiro semestre em Rio Preto, o Reserva dos Gûyrás atingiu 80% das unidades comercializadas em cinco meses desde o seu lançamento. O sucesso obtido pelo empreendimento da Hugo Engenharia representa a recuperação do otimismo para investimentos em imóveis em São José do Rio Preto.

Com plantas exclusivas em apartamentos, não encontradas em outros projetos na região, o residencial tem apenas 20 de suas 128 unidades disponíveis para comercialização. Todos os apartamentos com duas suítes já foram vendidas. Estes números posicionam o empreendimento como o maior sucesso imobiliário do semestre.

Para o diretor da Hugo Engenharia, Hilton Hugo Fabbri, a rapidez nas vendas demonstra o aquecimento do mercado imobiliário entre famílias que buscam o primeiro imóvel e investidores à procura de imóveis com rápida valorização. “São  públicos sensíveis a um bom produto por conta da planta inédita, da rentabilidade que ele pode gerar e também pelo potencial de valorização do imóvel”, afirma.

Um dos fatores observados pelos especialistas do mercado para a retomada dos investimentos em imóveis é a redução da taxa básica de juros da economia brasileira. A Selic caiu 35% entre outubro de 2016 e julho de 2017, passando de 14,25% para 9,25%.  Essa queda repercute também reduzindo as taxas de crédito imobiliário, facilitando o processo de comprovação de renda e tornando as prestações mais baratas.

Esse aumento na liquidez do mercado somado ao preço adequado do Reserva dos Gûyrás – em média R$ 5.597,00 pelo m2 – e às condições de financiamento pelo Banco do Brasil, com a melhor taxa do mercado, também auxiliaram nas vendas, avalia Fabbri.

O Secovi-SP, o Sindicato da Habitação, acredita que o ritmo de lançamentos e vendas se tenha um aumento durante o ano. “O Reserva dos Gûyrás é um exemplo dessa retomada. O empreendimento possui excelente localização e é um projeto adequado à demanda da cidade. Além disso, o imóvel sempre foi considerado um porto seguro para quem investe na formação de um patrimônio consistente”, analisa Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP.

As obras do Reserva dos Gûyrás começaram em junho e têm previsão de conclusão para novembro de 2019. O residencial tem VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 49 milhões e sua construção deve gerar 250 empregos diretos. “A tradição e a confiança na empresa também resultam em uma parcela de compradores, especialmente os pequenos e médios investidores patrimoniais”, explica Petrucci.

No primeiro semestre deste ano, a Hugo Engenharia vendeu – incluindo o Reserva dos Gûyrás – 147 apartamentos que totalizando o VGV de R$ 62.033.808,00  “Estamos completando 20 anos no mercado com um sucesso de vendas que reflete a credibilidade que conquistamos junto aos investidores e clientes. Esse know-how nos permitiu vender, em média, um apartamento por dia neste primeiro semestre”, aponta Hilton Hugo Fabbri.

 

Planta inédita e localização

O Reserva dos Gûyrás possui conceito arquitetônico que segue a tendência de condomínios residenciais das principais metrópoles do mundo, com propostas e soluções que trazem como marca a harmonização dos espaços, o estilo e a funcionalidade. O condomínio fica na principal avenida da zona Sul da cidade, a JK, o que facilita o acesso a todas as regiões e aos principais eixos de comércio, serviços e lazer.

Os apartamentos têm duas formatações: duas suítes com lavabo e varanda gourmet (65,80 m2) ou três dormitórios, sendo uma suíte, com lavabo e varanda gourmet (80 m2).

“Há uma tendência na procura por imóveis com plantas enxutas e funcionais, que carreguem estilo e conforto, estejam localizados próximos de uma boa infraestrutura urbana e possuam itens de lazer em áreas bem planejadas e decoradas. O Reserva dos Gûyrás reúne esses atributos”, completa Fabbri.

Localizado na avenida Juscelino Kubitscheck, 1.880, na zona Sul, região que é o principal vetor de crescimento de Rio Preto e que vem ditando as tendências em empreendimentos na cidade, o Reserva dos Gûyrás está a cinco minutos dos dois principais shoppings da cidade, o Iguatemi e o Riopreto Shopping Center. Além disso, a região possui uma rede completa de empresas prestadoras de serviços, centros de lazer, cultura e esportes, hospitais e escolas.

Com ampla infraestrutura de lazer, o condomínio possui um piso de uso comum exclusivo, composto por salão de festas adulto, salão de jogos, brinquedoteca, playground, churrasqueira, lounge ao ar livre, praça de contemplação, pergolado, fitness, piscinas (adulto e infantil), deck, solário e quadra esportiva. A estrutura está dois níveis acima do nível de entrada, solução que proporciona, além de segurança, privacidade e uma vista privilegiada do entorno do edifício.

A sustentabilidade, uma premissa nos empreendimentos da Hugo Engenharia, marca presença no Reserva dos Gûyrás. O condomínio contará com placas fotovoltaicas para geração de energia das áreas comuns, reaproveitamento de água e gestão de resíduos, entre outros itens que proporcionam redução no consumo de água e energia. O projeto do Gûyrás também atende à Norma de Desempenho NBR 15575, da ABNT, que observa principalmente o conforto térmico e acústico das moradias, assim como iluminação e acessibilidade no empreendimento.

 

Hugo Engenharia

Completando 20 anos no mercado imobiliário em 2017, a empresa é sediada em São José do Rio Preto e atua na construção, incorporação e venda de empreendimentos habitacionais e comerciais. A Hugo Engenharia já entregou 236 mil m2 em imóveis, que correspondem a 3.372 unidades, sendo 2.913 residenciais e 459 comerciais.

 

Da REDAÇÃO  

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS