Regulamentação do comércio da Redentora só depende do prefeito

Os vereadores de Rio Preto aprovaram o projeto de lei, de autoria do Executivo, que altera o zoneamento do bairro Redentora, na sessão da Câmara desta terça-feira. Agora a proposta segue para análise do prefeito Edinho Araujo e, caso aprovado, será possível a regularização de atividades comerciais como bares sem entretenimento, estacionamentos de veículos e restaurantes.

Entre os que votaram favoráveis, o vereador Jean Dornelas, do PSL, justificou a aprovação dizendo que “o projeto favorece a realidade do bairro”.

Já o vereador Renato Pupo, do PSD, citou a valorização dos imóveis da região. “O presidente da associação do bairro, João Paulo Bassan, me procurou e falou sobre a valorização dos imóveis do local e por isso eu sou favorável”, comentou.

Ainda durante a sessão, todos os projetos que estavam em votação foram aprovados, exceto o do vereador Jean Dornelas, que foi retirado pelo próprio autor. A proposta era unificar as formas de pagamentos dos loteamentos industriais e dos mini distritos. No entanto, segundo o Dornelas, “o Executivo já resolveu a situação e não cabe mais o projeto”.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS