Registros de ameaça marcam a noite de sexta (22) em Rio Preto

Em um intervalo de quatro horas, três casos de ameaça foram registrados em Rio Preto. No primeiro caso, registrado por um funcionário do Terminal Urbano Rodoviário, um homem se aproximou dizendo que “queria matar alguém”. Com medo, E.S.M, 26 anos, acionou a GCM dizendo que um homem estava no local, com uma faca, fazendo ameaças.

Os guardas identificaram o suspeito como E.J.R, 40 anos. Ele foi levado até o plantão policial e teve a faca apreendida. Em depoimento ele negou as ameaças.

No segundo caso, registrado na Boa Vista, uma mulher acusa o ex-marido de agressão e ameaça. Segundo a vítima, o ex-marido esteve na sua casa para visitar o filho do casal. Como ela se negou, pedindo para que retornasse mais tarde, o homem pulou o muro e a segurou pelo pescoço.

O homem ainda ameaçou a mulher de morte, dizendo que voltaria. Com medo, ela procurou a polícia e registrou o boletim.

O último caso envolve uma briga entre vizinhos. L.F.L.C, 29 anos, é moradora do bairro Cidade Jardim e costuma deixar comida em um terreno próximo a sua residência para alimentar alguns gatos. O vizinho de L., P.R.E.A, 37 anos, incomodado com o cheiro e a sujeira no local, teria ido tirar satisfação com a vizinha.

Os dois começaram uma discussão e, o marido de L. entrou para tentar evitar agressões, mas acabou se estranhando com o vizinho. Os dois se agrediram com socos e foi necessária ajuda policial para conter os ânimos.

Em depoimento, cada um apresenta uma versão, alegando legítima defesa. O caso agora será investigado pelo 5º DP de Rio Preto.

Por JB

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS