Região recebe mais de R$ 17 milhões em financiamento

Funcionários poderão folgar em outros dias da semana, como já acontecia no comércio, por exemplo. Foto Thiago PASSOS

Retomada do crescimento da economia fez com que créditos disponibilizados pela Desenvolve SP para a região de Rio Preto crescesse 388% em 2017. Valor foi destinado para empresas de pequeno e médio porte, além de prefeituras.

Os financiamentos realizados pela Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista aumentaram 388% na região de São José do Rio Preto. Passaram de R$ 4,43 milhões para R$ 17,2 milhões. Os recursos são destinados para empresas de pequenos e médios portes e também para municípios.

A indústria conseguiu a melhor injeção de crédito da região. Obtendo R$ 2,6 milhões neste ano. O que significa um crescimento de 2.019% nos desembolsos. As empresas de serviços e comércio chegaram ao valor de R$ 1,1 milhão.

“A região de Rio Preto tem uma excelente estrutura para o crescimento econômico e geração de empregos” – Diz DIRETOR DESENVOLVE – Milton Luiz de Melo Santos

De acordo com o diretor-presidente da Desenvolve SP, Milton Luiz de Melo Santos, o principal fator para o aumento é a melhora da economia no país. “Estamos saindo de uma crise que fez com o que o PIB fosse negativo por três anos. Crescemos pouco, mas estamos nos recuperando”, afirma.

Porém, o número de empreendimentos privados de pequeno porte que procuraram o financiamento caiu de 17% para 8% no ano passado. Já os de médio porte aumentaram 9%.

Segundo o relatório da Agência, os recursos foram destinados para projetos de inovação e de longo prazo. Além de para capital de giro, modalidade em que o dinheiro pode ser usado para o pagamento de dívidas.

“A forma de gastar o valor fica a cargo do empresário. Se ele quiser, pagar alguma conta grande em algum banco privado para poder aproveitar as vantagens de um banco fomentador como o nosso, tudo bem. Durante a crise, esse crédito foi fundamental para a permanência dos negócios”, explica.

No caso das prefeituras, os desembolsos foram destinados, principalmente, para obras de asfalto e reformas estruturais que visem melhor uso dos recursos ambientes.
Na região as cidades com financiamentos foram: São José do Rio Preto (R$ 9,8 milhões), Mirassol (R$ 192,5 mil), Poloni (R$ 2,1 milhões), Votuporanga (R$ 82,3 mil), José Bonifácio (R$ 55 mil), Jales (R$ 4 milhões), Fernandópolis (R$ 875,5 mil) e Bálsamo (R$ 116,7 mil).
“Esta parte do Estado é propícia para o desenvolvimento. Sua qualidade de vida é boa, tem ótimas rodovias e uma mão de obra qualificada. Isso faz com que as indústrias e serviços migrem da capital para o interior”, comenta Melo Santos.

A Desenvolve SP é um banco público de fomento para empresas de micro a médio porte e municípios. As taxas trabalhadas são diferentes da do mercado, podendo ser de 0% para projetos de inovação.

 

Por Marina LACERDA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS