Região Norte cresce e tem dimensão de grande cidade

Avenida Mirassolândia possui diversos estabelecimentos. (Foto Claudio Lahos)

Região mais populosa de Rio Preto, Zona Norte possui um total de 186.318 moradores (41% do total de habitantes do município). Nos últimos dez anos, o local passou por um processo de expansão no setor comercial e de serviços públicos

Uma região com dimensão de grande cidade. É assim que moradores da região Norte de Rio Preto se sentem diante da diversidade de serviços oferecidos à população, a mais numerosa da cidade – 186.318 pessoas. O número representa 41% do total de habitantes de Rio Preto, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 456.245 habitantes.

Shopping Cidade Norte foi construído em 2012. Local recebe milhares de pessoas no mês. (Foto Claudio Lahos)

Para ter noção do tamanho da importância e representativa da região no município, a quantidade de pessoas que vivem na região Norte é superior do que Catanduva (121 mil habitantes) e Votuporanga (94 mil), cidades que integram a 8ª Região Administrativa de Rio Preto, composta por 96 municípios. Ela seria a segunda maior ‘cidade’ da região.

A região Norte engloba 14 regiões administrativas de Rio Preto – bairros Antunes, Arroyo, Colorado, Dom Lafayete, Eldorado, São Jorge, Felicidade, Itapema, Jaguaré, João Paulo II, Jardim Nunes, Cidadania, Santo Antônio, Jardim Simões e Solo Sagrado; este último bairro com um número superior de 25 mil pessoas.

Nos últimos dez anos, a região passou por um processo de transformação com expansão de lojas, bancos, casas lotéricas, restaurantes, lanchonetes, escolas, unidades de saúde e de pronto-atendimento, conjuntos habitacionais e condomínios, e até a construção de um shopping (em 2012). Esse crescimento da região Norte também contribuiu para mudança de postura de boa parte dos moradores, que deixou de se deslocar até o comércio central ou shoppings de outras partes da região, para consumir mercadores no próprio bairro.

“Tenho tudo o que preciso aqui na zona Norte, desde lojas e shopping. Faz um bom tempo que não vou até o Centro para comprar”, destaca a dona de casa, Natália Morais, moradora do Jardim Marajó.

De acordo com a Acirp (Associação Comercial e Industrial de Rio Preto), a região tem instaladas 15.846 mil micro, pequenas e médias empresas. A avenida Mirassolândia – uma das principais da região -, conta com diversos estabelecimentos comerciais e serviços ao público.

Lanchonete comemora vendas de salgados na região Norte. (Foto Claudio Lahos)

Uma lanchonete recebe grande fluxo de pessoas diariamente no local. A gerente administrativa, Jaqueline Gomes, não quis revelar a quantidade de salgados vendidos por dia, mas disse que o resultado é positivo no fim do dia. “Posso dizer que nossas vendas são boas e o nosso ponto comercial colabora para isso”, relata.

Parceria viabiliza criação de Regional no Shopping

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, assinou na quarta-feira (17), o protocolo de intenções para a criação da Regional Norte da Prefeitura de Rio Preto no Shopping Cidade Norte. O documento prevê a construção de um espaço de aproximadamente 900 metros quadrados para levar ao local diversos serviços municipais. O investimento é de R$ 5 milhões e será realizado integralmente pelos administradores do shopping em uma área anexa à praça de alimentação.

“Essa regional irá trazer muitos benefícios para toda população, não só da Região Norte” (FOTO GUILHER BATISTA)

“Isso é desenvolvimento, estamos interligando a cidade, conectando as pessoas, uma das metas do nosso plano de governo e uma reivindicação antiga dos moradores. Essa regional irá trazer muitos benefícios para toda a população, não só da Região Norte”, afirmou o prefeito.

Os administradores do Shopping Cidade Norte, Luis Carlos Tarraf e Felipe Soubhia Tarraf, destacaram a iniciativa da prefeitura e disseram que a parceria será um marco para a cidade. “Além dos benefícios econômicos para os lojistas, também estamos fazendo a nossa parte ao oferecer um espaço digno para a população da nossa região. Já temos essa parceria com o Ganha Tempo e ela será ampliada com esse novo espaço”, afirmou Luis Carlos Tarraf, um dos diretores executivos do shopping.

Além dos serviços oferecidos pelo Ganha Tempo, também instalados no shopping, como Semae e Detran, a Prefeitura Regional passará a oferecer serviços da Junta de Alistamento Militar, Justiça Eleitoral (cadastro biométrico da 267ª Zona Eleitoral), Secretaria de Educação (solicitação de vagas, atualização de cadastro, transferência e informações), Secretaria Trabalho e Emprego e Secretaria de Saúde (acesso a insumos de saúde, acesso a medicamentos e serviços), entre outros.

O prazo de construção do anexo é de um ano. À prefeitura caberá fornecer o mobiliário e o fornecimento dos funcionários para a realização dos serviços.

 

Local receberá investimento e obras do Executivo

A região Norte integra a lista do cronograma de obras da Prefeitura de Rio Preto. Durante a solenidade na manhã de quarta-feira (17), para o protocolo de intenções para a criação da Regional Norte da Prefeitura de Rio Preto (leia texto nessa página), o prefeito Edinho Araújo (MDB) divulgou obras em andamento e melhorias na região.

Uma das principais e em execução no município é a do complexo viário, com três pontilhões e seis alças de acesso na rotatória das avenidas Mirassolândia, Domingos Falavina e Ernani Pires Domingues. O principal objetivo da obra é melhorar o tráfego de veículos na região Norte e dar acesso direto nas avenidas Mirassolândia e Falavina. O investimento é de R$ 25 milhões e a previsão de entrega é para janeiro de 2020.

Para o primeiro semestre de 2019, o Semae (Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto) espera concluir as obras de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Com a construção de mais um módulo de tratamento de esgoto, a estação vai ampliar sua capacidade de atendimentos em 150 mil pessoas. Quando a obra estiver finalizada, esse número saltará para 600 mil. O valor do contrato é de R$ 28,1 milhões.

Na saúde, prefeitura atenderá melhorias na acessibilidade na UBS Eldorado; além de reformas e ampliações das UBSF Vila Mayor e Gabriela. Serviços como recapeamento e recuperação de vias públicas e praças, limpeza, corredores de ônibus, também estão no cronograma do município.

 

Por Vinicius MAIA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS