Receita Federal libera R$ 22,7 mi da restituição do Imposto de Renda

Foto Divulgação

Delegacia da Receita Federal de Rio Preto confirmou o pagamento de R$ 22,740 milhões para mais de 23 mil contribuintes contemplados na região do município. O dinheiro estará disponível em conta bancária no dia 15 de outubro  

Para quem está na expectativa de um dinheiro extra neste mês de outubro, a Receita Federal liberou nesta sexta-feira (5) a consulta ao quinto lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2018. Nesta etapa, serão contemplados 23.210 contribuintes de 72 municípios da área de cobertura da delegacia da Receita Federal de Rio Preto, com a liberação total de R$ 22.740 milhões . O dinheiro estará disponível em conta bancária no dia 15.

O lote de restituição do imposto contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017. Ao todo, a restituição é dividida em sete lotes. O pagamento do sexto lote acontecerá no dia 16/11. O sétimo acontecerá na data de 17/12.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na internet (https://idg.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificados pelo processamento.

De acordo com Mauro José da Silva, auditor fiscal da Receita Federal de Rio Preto, é fundamental que o contribuinte mantenha esse acompanhamento constante para que se houver algum problema, faça a autorregularização com a entrega da declaração retificadora.

A Receita também disponibiliza aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele é possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer o pedido pela internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Se o valor não for creditado, o contribuinte pode ir a uma agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. Conteúdo especial: Vinícius MAIA

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS