Raí sugere que Carille tentou criar clima tenso para jogo de volta

Diretor do São Paulo, Raí saiu em defesa do técnico do Tricolor, Aguirre após as declarações do técnico do Corinthians

O diretor executivo de futebol do São Paulo, Raí, disse nesta segunda-feira (26) que o treinador do Corinthians, Fábio Carille, tentou criar um clima tenso para o duelo de volta entre as equipes pelas semifinais do Campeonato Paulista, marcado para a próxima quarta-feira, em Itaquera.

Após a vitória são-paulina no domingo, no Morumbi, por 1 a 0, o corintiano disse que o técnico Diego Aguirre foi mau educado por não tê-lo cumprimentado antes da partida. “Tivemos alguns acontecimentos extracampo, a coisa do Carille com o Aguirre. Nada sério. Achei desnecessário tornar público algo que eles conversaram”, analisou Raí, em rápida conversa com jornalistas no CT da Barra Funda. “Me pareceu ali uma tentativa de criar um ambiente, um clima tenso para o jogo de volta.”

Raí defendeu Aguirre e disse que o São Paulo deixará a polêmica para trás, focando no jogo de volta. “O Aguirre já falou bastante, deu todas as explicações e ficou evidente que não existiu nenhuma falta de respeito. Pelo contrário. O Aguirre eu conheço há muito tempo e é um dos treinadores que mais respeitam e que são elegantes. Tudo que está sendo comentado do nosso lado é para criar um clima de jogo, de um jogo bem jogado, de uma grande decisão e que seja um grande espetáculo.”

O cartola disse não se preocupar com a possível repercussão do atrito entre os treinadores. “Alguns comentários pós-jogo, depois de uma derrota, que tem um jogo em seguida, isso nos leva a crer, claro que não posso afirmar isso, que existe alguma tentativa nesse sentido. Mas isso não está nos atrapalhando, só preocupa no aspecto geral, mas estamos atentos e colocando aqui nossas opiniões.”

Agência Estado

SEM COMENTÁRIOS