Radares fixos na região dos Damhas podem aplicar até cinco multas

Posicionados nas avenidas Nadima Damha, em frente ao Damha II e a 200 metros da saída do condomínio, e Miguel Damha, em frente ao Gaivota I e na saída do Damha III, os quatro radares fixos que começaram a operar nesta quarta-feira (4), e que têm a velocidade máxima permitida de 60 Km/h, podem aplicar cinco tipos de infrações, como explica o especialista de tráfego da Secretária do Trânsito, Willians Caires.

“Além da velocidade, o radar em frente ao Damha II também vai fiscalizar os veículos que ultrapassarem o sinal vermelho. Com isso, somando os outros três radares, eles poderão aplicar cinco tipos de infrações: velocidade até 20% acima do permitido, velocidade de 20 a 50% acima do permitido, velocidade acima de 50% do permitido, avançar o sinal vermelho e parar sobre a faixa de pedestre”, diz Caires.

Segundo o especialista, a área escolhida para a instalação dos radares, que tem um fluxo diário de cinco mil veículos, foi escolhida após estudos e pedidos da população do local.

“Além de ser uma solicitação da população, foram constatados em nossos estudos que haviam veículos trafegando em até 100 Km/h. Então, isso representa um risco para as pessoas que utilizam a pista de caminhada. Recentemente um rapaz acabou perdendo o pé em frente ao Damha II. Então, o objetivo principal com a colocação desses radares é coibir a velocidade”, afirmou.

Ainda de acordo com Willians Caires, a expectativa da Secretaria é que o número de acidentes diminua no local. “As experiências que nós temos é que depois que colocamos o sistema de radar eletrônico, a velocidade dos veículos diminuiu, assim como o número de acidentes de trânsito”, finalizou.

Os radares instalados na região dos Damhas estavam na Avenida Philadelpho Gouveia Neto, rua Independência e Avenida Clóvis Oger, que a partir desta quarta-feira também já receberam radares estáticos para substituir os antigos aparelhos.

Confira o valor das infrações que os novos radares na região dos Damhas podem aplicar:

  • Velocidade até 20% acima do permitido – Infração média – 4 pontos na carteira e multa de R$ 130,16;
  • Velocidade de 20 a 50% acima do permitido – Infração grave – 5 pontos na carteira e multa de R$ 195,23;
  • Velocidade acima de 50% do permitido – Infração gravíssima – 7 pontos na carteira e multa de R$ 880,41;
  • Avançar o sinal vermelho – Infração gravíssima – 7 pontos na carteira e multa de R$ 293,47;
  • Parar sobre a faixa de pedestre – depende da gravidade da infração com o valor da multa podendo chegar até R$ 1.467,35;

Por Marcelo Schaffauser

SEM COMENTÁRIOS