Racionamento derruba consumo mas represa continua baixa

Foto: Claudio Lahos

Em uma semana de racionamento de água em Rio Preto o Semae (Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto) registrou uma queda de 18% no consumo.  Segundo a autarquia, a cidade vinha registrando um gasto médio de 250 litros de água/dia por pessoa. Com a medida, o município conseguiu reduzir em cerca de 45 litros o consumo de água/dia por pessoa, se aproximando do índice ideal que deveria ser de 180 litros a 200 litros.

Desde a última quinta-feira (17), o abastecimento de água tem sido interrompido em 18 bairros da cidade, das 13h às 20h, afetando aproximadamente 180 mil pessoas. No último fim de semana, a Represa Municipal conseguiu recuperar 5 cm no Lago 1, mas segue 19,5 cm abaixo do vertedouro. As chuvas dos últimos dias foram de apenas 5 mm, sendo que a expectativa era de que chovesse pelo menos 16 mm. Desde o dia 28 de junho Rio Preto não registra chuvas significativas.

Dhoje Interior

Segundo o Semae, os centros com reservatórios de água recuperaram 15% capacidade. A média dos níveis dos reservatórios apoiados estava em 45% e subiu para 60% nesta semana. Ainda assim, as orientações da autarquia são para que a população utilize água com consciência. “As pessoas tem de economizar água nesse período de seca. Rio Preto não pode continuar no ritmo que está”, afirmou Jaqueline Reis, gerente de Operação e Manutenção de Água do Semae.

De acordo com ela, o racionamento é uma intervenção no sistema de abastecimento para que o Semae consiga distribuir de forma igualitária a água que está sendo produzida neste momento. “A autarquia vai fornecer água todos os dias para a população das 20 horas às 13 horas. Usando com parcimônia não vai faltar”, declarou.

Os bairros impactados pelo racionamento são: Boa Vista, Alto Rio Preto, Urano, Vila Maceno, Vila Diniz, Alto Alegre, Mansur Daud, São Judas, Eldorado, Solo Pinheiro, Santo Antônio, Redentora, João Paulo, Castelinho, Maria Lúcia, Cidade Jardim, São Marcos e Higienópolis.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior