Quatro em cada dez adultos têm colesterol alto

Quatro a cada dez adultos brasileiros têm nível de colesterol considerado acima da média considerada saudável, conforme dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia. E quase 70% dos pacientes só realizou o exame após os 45 anos de idade.

Hoje é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Colesterol, data que visa alertar a população sobre os perigos do colesterol alto. Embora essa seja uma importante gordura usada no funcionamento normal do organismo, quando consumida em excesso por dietas com muito açúcar e gordura pode acarretar problemas.

O cardiologista Percival Trindade, do Instituto do coração Incor, chama atenção para a necessidade de hábitos saudáveis para prevenir doenças ocasionadas pelo excesso da gordura no sangue.

“As doenças cardiovasculares são umas das que mais matam no país. O colesterol ruim é nocivo e precisa ser controlado, por isso é preciso sempre se atentar aos exames sanguíneos. Às vezes a pessoa não sente nada, mas enfarta por descuidos com aumento no colesterol, que é silencioso”, alerta.

Existem tipos diferentes de colesterol, o HDL, considerado bom, e o LDL, que pode se acumular nas artérias e coronárias e dificultar o fluxo sanguíneo. Fatores de risco que possibilitam doenças causadas por alta gordura no sangue são genética, tabagismo, sedentarismo, estresse e obesidade.

Trindade atenta que manter alimentação saudável e fazer atividades físicas é essencial na prevenção contra estes problemas. “Quando a pessoa for ao mercado é preciso evitar ir atrás das prateleiras de toucinhos, linguiças, doces e começar a buscar incluir verduras, legumes, frutas e fibras”, ressalta.

Segundo o cardiologista, os cuidados com o colesterol alto devem ser frequentes com uma vida equilibrada. “As doenças cardiovasculares são uma das que mais matam no país”, finaliza.

Por Ana Eliza BARREIRO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS