Quarentena provoca suspensão de contratos de estagiários e aprendizes

Arprom está sem realizar aula ou treinamento durante o período de quarentena

A crise na economia causada pelo Covid-19 já tem afetado quem está começando a ingressar no mercado de trabalho. Como medida de segurança para jovens aprendizes e estagiários e também para conter despesas, muitos tiveram os contratos suspensos até o fim da pandemia.

“Por força de uma medida provisória, todos os aprendizes foram afastados. Temos alguns trabalhando em home-office, mas a maioria ganhou férias ou está com contrato suspenso. À medida que a situação melhore, eles deverão voltar para os empregos que eles estavam antes da pandemia”, explicou o presidente da Arprom (Associação Riopretense de Promoção ao Menor), José Vitta Medina.

Dhoje Interior

De acordo com Medina, nenhuma aula ou treinamento está sendo realizada neste período na instituição.

Aproximadamente 700 alunos estão afastados até o momento. Um deles é o estudante Erick Raul, 16 anos, que estava há quase nove meses na Arprom. “Eles suspenderam meu contrato, acredito que foi até pela falta de verba. No momento ainda não existe uma previsão para voltarmos”, declarou.

O Senac de Rio Preto, que também tem um programa de aprendizagem, afirmou por nota que mantém seu vínculo com empresas parceiras para andamento do programa. A entidade também ressalta que, durante o período de suspensão das atividades presenciais, o conteúdo é disponibilizado para os alunos de forma remota.

O CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) de Rio Preto, responsável por mais de 5.500 estagiários no município, também reforçou que as empresas não podem demitir.

“É evidente que a pandemia trouxe um problema econômico para muitos, mas as empresas estão suspendendo os contratos e não demitindo”, comentou Daniela Sandrini, supervisora da unidade em Rio Preto.

Apesar da crise econômica, o CIEE afirma que está ofertando vagas para os interessados.

“Temos atualmente 64 vagas, a maioria para auxiliares administrativos. Estamos também com uma ferramenta para que a entrevista de emprego seja feita online. Vale ressaltar que é sempre importante e essencial que os estudantes continuem se qualificando”, afirmou Daniela. As vagas podem ser vistas no site https://portal.ciee.org.br/.

Por Vinicius LIMA