QUALIFICAÇÃO: Projeto-piloto de formação em Libras é lançado em Sumaré (SP)

Programa foi lançado pela Secretaria de Modalidades Especializadas da Educação (Semesp) do MEC - Isa Lima-UnB Agência

Com o propósito de ampliar a formação de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e qualificar os servidores públicos municipais, o governo federal lançou, nesta semana, o programa Libras nas Cidades. O projeto-piloto foi apresentado em Sumaré (SP) pelo Ministério da Educação (MEC).

As ações previstas no município incluem um aperfeiçoamento presencial em Libras, com dois minicursos sobre educação bilíngue para surdos – com duração de 12 horas cada; um aperfeiçoamento online, com cursos de Libras nos níveis básico e avançado; e um seminário formativo presencial em educação de surdos, aberto a toda comunidade. A lista final de atividades será divulgada à população assim que a parceria for oficialmente firmada.

De acordo com o secretário de Modalidades Especializadas da Educação do MEC, Bernardo Goytacazes de Araújo, a ideia é que a iniciativa seja levada para todo o País ainda durante os 100 primeiros dias da gestão do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Autismo

No segundo semestre, o MEC também vai lançar o primeiro Fórum Nacional sobre autismo e altas habilidades, em conjunto com entidades como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e a Associação Pestalozzi.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Educação e da Prefeitura de Sumaré

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS