PROJETO VAI PARA CÂMARA: Edinho anuncia reajuste de 4,31% para salários dos servidores

Os servidores da Prefeitura de São José do Rio Preto terão um reajuste em seus salários e no Vale-Alimentação e Planos de Saúde de 4,31% retroativos a 1º de março. O anúncio foi feito pelo prefeito Edinho Araújo (MDB), na tarde de ontem (26), após uma reunião com membros da diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

Segundo Mário Soler, secretário de Comunicação da Prefeitura, existe a proibição da legislação eleitoral que veda a concessão de aumento real em ano eleitoral. Mas, por orientação do prefeito, foram feitos diversos esforços para que o percentual fosse a inflação do período total, neste caso os 4,31%.

“Por uma decisão do prefeito o aumento não poderia ser menor do que a inflação”, salientou Soler.

Participaram também da reunião os secretários Luiz Roberto Thiese (Administração), Ângelo Bevilacqua (Fazenda) e Jair Moretti (Governo).
Além do reajuste, o projeto que será encaminhado nos próximos dias para a Câmara Municipal, vai definir a nova alíquota de contribuição dos servidores estatutários para a Riopretoprev (Instituto de Previdência Municipal) dos atuais 11% para 14% se adequando ao que prevê a Reforma da Previdência Federal aprovada no ano passado. Por sua vez a contribuição que é feita pela Prefeitura vai de 22% para 25%.

Segundo Sanny Lima Braga, presidente do sindicato, o prefeito afirmou que a proposta apresentada foi feita em cima da que foi protocolada pelo sindicato na primeira quinzena de janeiro. O sindicato, além da inflação do período reivindicou um ganho real de 3%, mesmo percentual que será reajustado na alíquota previdenciária do servidor. “Infelizmente, a proposta traz apenas a inflação. Eles (administração) alegam por conta das proibições eleitorais”, lamentou a presidente.

A sindicalista afirmou ao prefeito que não poderiam sozinhos aprovar a proposta, pois a decisão final seria do servidor. Por conta disso o sindicato deve agendar para o início da próxima semana uma assembleia com a categoria.

“Os servidores devem ficar atentos às nossas redes sociais, pois vamos fazer a convocação por lá”, salientou Sanny.

Edinho afirmou que encaminhará um pedido à Câmara que o projeto seja votado em regime de urgência.

A data retroativa do reajuste apresentado ao projeto é 1º de Março.

NEGOCIAÇÕES NA REGIÃO – Além de Rio Preto, o sindicato faz tratativas para o reajuste salarial dos servidores das Prefeituras de Onda Verde, Guaraci, Ipiguá, Uchoa, Cedral, Guapiaçu, Icém, Mirassolândia e Bady Bassitt, em todas estas cidades as pautas foram protocoladas na segunda quinzena deste mês.

Conforme Sanny, os pedidos são os mesmos. A reposição integral da inflação do período com exceção das cidades que têm Previdência Própria, casos de Ipiguá, Guaraci, Uchoa e Bady Bassitt, onde além do INPC o pedido é de mais 3%.

“Onde tem Previdência Própria queremos estes 3% para recompor o aumento da alíquota que vai de 11 para 14% por conta da Reforma da Previdência aprovada no ano passado”, salientou Sanny.

A sindicalista está no aguardo para os próximos dias do agendamento das primeiras conversas com os administradores destes municípios.

 

Por Sérgio SAMPAIO