Projeto quer ampliar prazo para troca de vans escolares

Há quase quatro meses sem poder realizar o serviço de transportar alunos, por conta da suspensão das aulas devido à pandemia de Covid-19, os donos de veículos que fazem o Transporte Escolar em Rio Preto poderão ter um fôlego maior para a troca obrigatória do veículo para cumprir a legislação local.

Um projeto de autoria do vereador Anderson Branco (PL) propõe alterar a legislação vigente e ampliar o prazo obrigatório de troca veículos dos atuais 17 anos para 20 anos. O projeto terá seu mérito votado na próxima terça-feira (14).

Dhoje Interior

Segundo o vereador, é um projeto importante, pois atualmente os veículos que são utilizados para esse tipo de transporte são mais caros e, por conta disso, muitos transportadores estão tendo dificuldade de realizar a troca. Ele salienta que antigamente um veículo deste custava em torno de R$ 70 mil e hoje está na casa de R$ 120 a R$ 150 mil, valores que dificultam a troca em um prazo curto de 15 anos, além do atual momento vivido por conta da pandemia que está prejudicando a todos.

O vereador salienta ainda que com as novas tecnologias dos veículos, seu prazo de vida útil é maior, além do que anualmente estes veículos passam por vistoria para serem liberados para fazer o transporte escolar.

Segundo informações da Secretaria de Trânsito, são 125 motoristas cadastrados no transporte escolar em Rio Preto.

Por Sérgio SAMPAIO – Da Reportagem DHoje Interior