Projeto Guri está de casa nova em Rio Preto

O Projeto Guri ganhou novas instalações e um novo endereço em Rio Preto. Na manhã desta terça-feira (25), o prefeito Edinho Araújo assinou o acordo de cooperação entre a Prefeitura do município e a Associação Amigos do Projeto Guri (AAPG). Agora a nova casa será na Escola Municipal de Ensino Supletivo ‘Professor Ademir Adib’, localizada na Rua São João, 1765, Vila Zilda.

O trabalho em conjunto foi mediado pela Secretaria de Cultura e Secretaria de Educação, que disponibilizou as salas no prédio da escola municipal para as aulas e administração do Projeto Guri. O polo rio-pretense oferece 531 vagas, de 17 instrumentos diferentes como Violão, Viola Caipira, Cavaco, Violino, Violoncelo, Percussão, Canto coral, Saxofone, Clarinete, Trompete, Flauta transversal, entre outros. Atualmente, o Guri contra com 404 alunos matriculados.

“O Projeto Guri é um projeto que deu certo, portanto tem que ter continuidade e avançar ainda mais. É um projeto de oportunidade as crianças no contraturno escolar, de 6 a 18 anos, para que possam desenvolver o seu talento. É um processo de socialização, para que eles possam crescer em todos os sentidos”, afirmou o prefeito Edinho Araújo.

O Polo do Projeto Guri em Rio Preto conta com 16 educadores musicais, além de coordenadores, auxiliares e um aprendiz, o que totaliza 21 funcionários. Ao todo são 60 turmas de alunos, nos períodos da manhã e tarde. A exigência para participar do programa é que o aluno esteja regularmente matriculado na rede de ensino regular. A participação é gratuita.

“É muito importante retomar essa parceria com a prefeitura de Rio Preto, porque nos municípios em que a gente tem parceria com a prefeitura o projeto fica mais potencializado. Somam-se esforços para divulgação de vagas, para fazer os eventos e para participar da vida cultural da cidade e em uma cidade como Rio Preto isso é fundamental”, ressaltou Alessandra Costa, diretora executiva da AAPG.

A pequena Heloise Lara Pereira, de 10 anos, faz aula de violão no projeto e já tem participado de apresentações musicais. “Eu gosto muito de tocar violão no Projeto Guri porque eu gosto muito desse instrumento e no Guri eu me sinto feliz tocando um instrumento que eu gosto”, finalizou a aluna.

Por Priscila CARVALHO

SEM COMENTÁRIOS