Programa “Vizinhança Solidária” visa conter ação de bandidos no Calçadão

SEGURANÇA Através de grupo de WhatsApp, lojistas esperam colaborar com a PM contra ações de furtos e roubos no Calçadão, principalmente nesta época de compras para o Natal. Foto Cláudio Lahos

Com o horário estendido do comércio central de Rio Preto até as 22 horas, o Calçadão receberá um grande fluxo de pessoas em busca de compras de presentes para o Natal e final do ano. A medida facilita a vida dos consumidores e engorda o faturamento dos comerciantes. De acordo com a Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp), a expectativa é de receber um aumento de 8% a 10% no fluxo diário no Calçadão.
É nesta época também que aumenta a preocupação com a segurança dos consumidores e comerciantes com ações de da criminalidade na prática de furtos, roubos e pequenos delitos. Para isso, além do patrulhamento intensivo da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal, os comerciantes contam com o programa “Vizinhança Solidária” – grupo de WhatsApp constituído por lojistas do Calçadão e integrantes da PM.
Lançado ontem pela Acirp, o programa conta no momento com 26 parceiros no grupo. De acordo com o diretor comercial Walter Carrazzone Junior, a intenção é de conquistar mais adeptos para incentivar a prevenção primária na segurança pública local. “É uma linha direta em conjunto com a PM e o núcleo de comércio da Acirp. O programa visa oferecer maior segurança principalmente aos consumidores e lojistas do centro”, aponta.
Com essa cooperação por parte dos empresários através das redes sociais, as viaturas são informadas com mais rapidez, facilitando a ação contra a criminalidade.
Gerente de uma grande rede varejista de roupas e artigos de mesa e banho, Eliseu Rubinho, ressaltou a importância do grupo no trabalho de apoio com a PM. “Esse trabalho em conjunto será ótimo para todos. O sistema é uma maneira de mantermos em alerta sobre qualquer atitude suspeita e colaborar com as informações para PM”, ressalta. Uma placa do programa é instalado na porta das lojas participantes.

Fiscalização da PM e GCM

A Polícia Militar em conjunto com a Guarda Municipal Civil intensificaram o patrulhamento durante o período que antecede a data comemorativa na área comercial da cidade.
A novidade fica por conta da base móvel da GCM, instalado na praça Dom José Marcondes. A unidade avançada é equipada com central de monitoramento e 41 câmeras espalhadas em pontos estratégicos no Calçadão. O efetivo da Guarda Civil contará com 30 agentes.
A fiscalização será reforçada, com foco no Calçadão, nos terminais urbano e rodoviário, além do trânsito. “O intuito é coibir furtos e roubos, bem como auxiliar a população para que possam realizar seu passeio e compras com tranquilidade”, disse o coordenador operacional da Guarda Civil, Vitor Cornachioni.
A Polícia Militar também está com estratégias reforçadas para segurança no comércio. A operação conta com dez equipes com dois policiais cada uma, responsáveis pelo patrulhamento pela região central e rondas nos shopping centers. A PM também possui uma base móvel instalada no Calçadão.
Dicas de Segurança
– Em aglomerações, as mulheres devem carregar a bolsa sempre à frente do corpo.
– Os homens com a carteira no bolso da frente.
– A distração com o celular aumenta a possibilidade de ser uma vítima dos furtos.
– Não manuseie dinheiro na frente das pessoas.
– Cuidado com pessoas que querem te distrair com conversas. Elas fazem isso enquanto outras pessoas te furtam.
– Estacionar carros em lugares seguros e iluminados. Evitar deixar bolsas, carteiras e sacolas de presentes à mostra

Por – Vinícius MAIA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS