Programa Porteiro Amigo do Idoso chega a Rio Preto

prazo - Para inscrições já começou; As aulas estão previstas para este mês e em dezembro

Rio Preto dará um cuidado especial para as pessoas da melhor idade com o programa “Porteiro Amigo do Idoso” que capacita os profissionais para melhor atender os longevos.

A cidade foi escolhida porque apresenta um índice de população próximo à média nacional representada por 13% e com pessoas acima de 60 anos. Iraci Aparecida Pedrão, de 61 anos, é porteira há 21 anos e durante todo este tempo teve contato direto com idosos. “Já ajudei quando eles não tinham acompanhantes, aqui tem escada, rampa, então sempre que precisa auxílio, tem o elevador se for preciso ajudo”, conta.

Dhoje Interior

Pensando na relação entre porteiro e idoso, o Grupo Bradesco Seguros em parceria com o Senac do Rio de Janeiro desenvolveu o programa “ Porteiro Amigo do Idoso” em 2010. O programa se espalhou também pelo estado de São Paulo e chegou ao interior. Os rio-pretenses terão pela primeira vez no município o programa que será ministrado no Senac que tem o objetivo de promover capacitação de profissionais de portaria a fim de oferecer soluções e cuidados adequados às necessidades dos moradores idosos.

As aulas serão ministradas pelo professor Jeferson Fuza , durante três dias com turmas de 25 alunos. Para o professor é importante debater sobre o assunto, pois é uma maneira de lapidar os porteiros para que tenham o tratamento adequado com os idosos. “Serão três dias baseados no sistema do idoso, a ideia é transmitir a melhor maneira de tratamento dos profissionais em relação aos idosos. Há casos que os filhos já saíram de casa, então a ideia é dar condições aos profissionais para ajudá-los da melhor maneira”, explica.

De acordo com o IBGE, a população de idosos no Brasil era de aproximadamente 24 milhões de indivíduos em 2013. A estimativa é que esse universo triplique até 2050, chegando a 30% da população brasileira, o que significa que para cada grupo de dez pessoas três serão idosas.

Em Rio Preto, segundo estimativa do Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados), população com mais de 60 anos, em 2030, será de 106.660 pessoas, o que representará 22,87% do total de rio-pretenses.

Leandro Aparecido Rodrigues Oliveira, de 25 anos, trabalha como porteiro e acompanha diariamente os idosos do edifício “Tem bastante idoso aqui a gente abre portão, o elevador e sempre converso com eles. Então é importante a gente aprender cada dia mais, temos que dar o melhor para eles. Eu percebo que eles não querem só um boa tarde ou bom dia, eles querem contar como foi o dia, então é muito bom este contato”, explica.

Em casos semelhantes ao foi citado pelo professor, a capacitação aproxima e desenvolve habilidades relevantes ao profissional. Carlos Figueiredo, de 34 anos, está na profissão há mais de uma década e acredita que quanto mais cedo o profissional procurar conhecimento melhor será no desenvolvimento das tarefas, “Sempre auxílio com compras, até mesmo no apartamento eu ajudo, às vezes, eles me chamam para trocar o galão de água. É bom ter o treinamento porque você fica apto a ajudar”, conta.

Serviço

As inscrições serão feitas pelos telefones: 3301-1026 ou 3014-1580. As aulas serão ministradas no Senac Rio Preto, rua Jorge Tibiriçá, 3.518 – Santa Cruz. Para participar, o porteiro deve estar autorizado pelo síndico e atuar na região que abrange os bairros de Maceno, Boa Vista, Eldorado, Solo Sagrado, Centro, Vila Sinibaldi e Nazareth.

Datas
07, 08 e 09/11 (13h às 17h)
21, 22 e 23/11 (13h às 17h)
05, 06 e 07/12 (13h às 17h)

 

Por Mariane Dias