Procon alerta os consumidores nas compras de última hora para o Dia das Mães

Para quem deixou a compra do presente para o Dia das Mães para a última hora, a Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania, elencou algumas orientações para evitar problemas nesta data.

 

– O consumidor deve estar ciente de que a loja só é obrigada a efetuar a substituição em caso de defeitos na mercadoria;

– Para evitar problemas nos casos de trocas por conta de tamanho, cor ou modelo que não agradaram, é importante que o consumidor solicite que as condições constem por escrito na etiqueta do produto ou na nota fiscal;

– Na compra de produtos em promoção, o consumidor também tem seus direitos garantidos;

– Nos restaurantes o pagamento da taxa de serviço, os famosos 10% sobre o valor total da conta, é opcional. E o preço do couvert tem que ser informado previamente, caso contrário, não poderão efetuar a cobrança;

– Perfumes e cosméticos, nacionais ou importados, devem ter na embalagem todas as informações em língua portuguesa;

– Celulares devem ser preferencialmente adquiridos em lojas autorizadas, isso garante a procedência e habilitação;

– Loja ou banca de flores devem expor, em local visível, uma tabela de preços completa. Arranjos especiais devem ser negociados previamente como também, a data da entrega;

– Nas compras feitas fora do estabelecimento comercial (por telefone, catálogos, Internet etc.) exija o comprovante da data de entrega que foi combinado. O prazo de desistência da compra, nesses casos, é de sete dias de sua confirmação ou do recebimento do produto;

– É fundamental que o consumidor exija a nota fiscal para resguardar os seus direitos, caso tenha algum problema.

 

Importante: deve-se ter um cuidado especial para as compras de produtos a serem entregues em domicílio, já que a data é comemorada neste domingo. Verifique junto ao estabelecimento se ainda há possibilidade do bem ser entregue dentro deste prazo e solicite este compromisso por escrito.

Os especialistas do Procon-SP, alertam para que, apesar de ser de “última hora”, é fundamental escolher o presente com cuidado e evitar as compras por impulso e, assim, desviar-se de um orçamento apertado.

Da REDAÇÃO

 

SEM COMENTÁRIOS